A cada hora surgem mais informações sobre o drama que vive a emissora paulista. Depois de extinguir programas como o 'Agora é Tarde', 'Tá na Tela' e 'Sabe ou não Sabe', e anunciar que mais de duzentos profissionais serão demitidos em todo o Brasil, a Bandeirantes fará o corte de outras três atrações de sua programação. O objetivo é cortar gastos e se adequar ao novo momento que vive o Brasil.

As informações foram confirmadas pela jornalista Patrícia Kogut do jornal carioca 'O Globo'. Segundo a repórter, sairão do ar o 'Brasil Urgente Rio', 'Jogo Aberto Rio', e também os 'Donos da Bola', programa esportivo que tem edições em vários estados do Brasil.

Publicidade
Publicidade

Somente nesses programas, haveria a baixa de cinquenta profissionais.

Cortes devem acontecer no jornalismo carioca

Especula-se que os maiores cortes devem acontecer no Rio de Janeiro por conta do aumento previsto no piso regional dos jornalistas. Atualmente, o piso é confuso, mas gira em torno de R$ 1.500,00. A proposta faz com que o novo salário mínimo dos repórteres suba para algo em torno de R$ 2.500,00, com uma jornada de trabalho de cinco horas por dia. A formulação feita pelo sindicato dos jornalistas do município do Rio de Janeiro já foi aceita pela Assembleia Legislativa do estado e aguarda a assinatura do governador Luiz Fernando Pezão.

O canal, que está em crise financeira, precisa reajustar seu gastos e poupar pelo menos 20%. Por conta disso, salários altos como do apresentador Luiz Bacci já foram descartados.

Publicidade

Ele ficou menos de um ano na Band. Com multa contratual de cerca de R$ 10 milhões, o jornalista aceitou sair do canal por bem menos, mas o valor não foi divulgado.

Outros canais também se mexem e deixam trabalhadores apreensivos

A Record já avisou que em breve cerca de duzentos profissionais da parte técnica serão demitidos. O Ministério Público de São Paulo já deu um ultimato a emissora para que ela explique sobre o movimento de terceirização dos seus serviços. A emissora de Silvio Santos também faz ajustes. O programa 'A Praça é Nossa', por exemplo, terá uma redução de 50% de sua verba. Já a Globo, mudou o seu sistema de contrato, agora atores só trabalham por obra. Nesta sexta-feira (27), a empresa da família Marinho anunciou a saída de Viviane Araújo. #Entretenimento #Famosos #Televisão