A empresária paulista Amanda Djehdian, 28 anos, pode até não levar a bolada de R$ 1,5 milhões para casa, mas será, com toda certeza, um dos nomes mais lembrados do reality global Big Brother Brasil (BBB). Desde o início da 15ª edição do programa, os principais acontecimentos da casa giram em torno da morena.

Logo no início do confinamento, a empresária e o produtor cultural, o carioca Fernando Medeiros, se aproximaram e chegou a rolar um affair entre eles, mas com a entrada da estudante mineira Aline Gotschalg o romance teve fim antes de se oficializar. Desde então muita coisa rolou: a estudante foi eliminada em um paredão direto contra Amanda, e Fernando - que antes não queria nem a amizade da empresária - não desgruda mais dela.

Publicidade
Publicidade

E tem muita gente insatisfeita com essa repentina e excessiva demonstração de carinho de Fernando.

Não é só a ex-BBB Aline, que recebeu juras de amor e pedido de casamento em rede nacional, que está revoltada com as últimas atitudes do carioca. Os amigos e a torcida de Amanda também não estão gostando da maneira que o produtor cultural está jogando. Visivelmente de olho em uma das três vagas destinadas aos finalistas do programa, Fernando não está jogando com o coração, como vive afirmando aos brothers da casa, e sua aproximação com a sister é mais uma das suas estratégias para colocar a mão no prêmio. Mas será que vai dar certo?

A amiga e assessora do produtor afirmou em entrevista que a reconciliação dele com a empresária foi apenas uma maneira dele se preservar como jogador e ficar bem entre os confinados, mas o que ele está esquecendo é que quem escolhe o vencedor da edição é o público, e a cada dia que passa ele ganha a inimizade de mais uma torcida.

Publicidade

Enquanto isso, a Amanda vai se fortalecendo no jogo. Se ela percebeu que está sendo usada, ninguém sabe, mas o posicionamento dela dentro da casa, até agora, tem agradado o público em geral e deixado seus fãs com mais sede de vingança contra o carioca.

Amanda conseguiu chamar atenção das pessoas não só pela amizade que tem com a ex-BBB Clara Aguilar. Ela foi autêntica e se entregou ao reality desde os primeiros momentos de jogo, fez amizades e inimizades, se posicionou quando foi questionada, se apaixonou, bebeu e dançou como faria qualquer outra mulher da mesma idade. O único medo da torcida é que a paulista realmente se entregue à Fernando e se perca nessa reta final do jogo que é, sem dúvidas, a mais importante.

E Fernando segue sobrevivendo no reality com seu "conflito interno", dizendo que gosta das duas sisters. Vai que cola, né? #Entretenimento #Televisão