Quem assistia ao 'Sky Sports' teve uma surpresa no ano passado. O canal simplesmente mudou de nome e passou a se chamar 'Sports +'. A mudança repentina foi considerada ilegal pela Agência Nacional de cinema, a Ancine. A empresa do governo que cuida da legalização de produtos televisivos e cinematográficos entrou com uma ação na justiça e pediu que o canal fosse imediatamente retirado do ar. O imbróglio judicial começou ainda no ano de 2014. Na época, a agência de cinema deu cinco dias para a operadora de canais a cabo Sky tirar o esportivo de circulação.

Sky recorre e expectativa é que a Ancine aceite o acordo

No entanto, o canal a cabo recorreu e agora tudo parece que vai acabar bem e a favor do 'Sports +'.

Publicidade
Publicidade

Segundo informou em sua coluna no jornal carioca 'O Globo', a jornalista Keila Jimenez apurou a notícia e disse que as empresas agora estão na fase do chamado TAC, que é o termo de ajuste de conduta. Enquanto a Agência Nacional de cinema analisa a proposta da Sky, todos os processos contra a operadora foram retirados, pelo menos temporariamente, da justiça. Algo que o alto comando da operadora comemora bastante.

Lei federal proíbe venda casada de programas e operadoras de TV a cabo

Até aí, nada do 'Sport +' sair da casa dos assinantes da TV a cabo. A Ancine também passa a não considerar mais ilegal a atitude da empresa. Desde 2012, existe uma lei federal que impede as operadoras de também terem canais, o que passou a ser considerado venda casada. A lei proíbe ainda que de alguma forma as prestadoras façam intervenção na programação de outros canais, como por exemplo, alterando o conteúdo.

Publicidade

Programadora do 'Sport +' passou a ser empresa uruguaia

Para deixar de ser ilegal, a Sky mudou o nome de seu canal de 'Sky Sports' para 'Sports +'. E não foi somente isso, a prestadora ainda mudou o nome da produtora que leva às atrações esportivas ao ar. Agora a programadora é uma empresa uruguaia, a 'Time Out'. A coluna de Keila Jimenez disse ainda que as empresas preferiram não se pronunciar sobre o caso até que o acordo de conduta seja completamente analisado. #Entretenimento #Famosos #Televisão