O ator Jack Nicholson pode estar enfrentando um quadro avançado de Mal de Alzheimer, doença incurável caracterizada pela demência progressiva. Segundo informações da revista Star, Nicholson tem dificuldade para se lembrar de quem é ou onde esteve. Boatos iniciaram-se em 2013, quando o ator teria desistido do papel em uma comédia por não conseguir memorizar as falas do roteiro.

Devido à doença, Nicholson estaria passando a maior parte do tempo em casa e quase não vai a público em eventos sociais. Durante uma exposição da banda Rolling Stones, ocasião recente na qual foi visto em público, o ator cumprimentou o músico Mick Jagger e teve dificuldades para se aprofundar no diálogo.

Publicidade
Publicidade

Segundo o site R7, a fonte entrevistada pela Star informou que Nicholson não teria se lembrado das festas vividas em companhia de Jagger nos anos 70.

Nicholson construiu uma carreira consagrada em Hollywood. Indicado doze vezes ao Oscar, ainda é o ator com mais indicações ao prêmio cinematográfico. Segundo o site O Tempo, Nicholson conquistou estatuetas de melhor ator pelos filmes "Um Estranho no Ninho" (1975) e "Melhor é Impossível" (1977), e também de melhor ator coadjuvante por "Laços de Ternura" (1983). Seu último trabalho foi em "Como Você Sabe" (2010), junto a Reese Whiterspoon e Owen Wilson.

Atualmente, aos 77 anos, o ator poderia se aposentar devido à condição de saúde. Em contrapartida, Maria Shriver, âncora da rede de televisão NBC, afirmou ao E! Online que as informações veiculadas pela Star são improcedentes.

Publicidade

Segundo a jornalista, o ator não apresenta nenhum quadro de doença mental, apesar de não ter planos futuros no #Cinema. Segundo o Ego Notícias, uma fonte teria dito ao The National Enquirer que Nicholson está bastante confuso e dificilmente sai de casa. Os rumores circulam na web desde 2013 e voltaram a reaparecer essa semana.

Um diagnóstico necessário

O Alzheimer é uma doença incurável e progressiva, que acomete principalmente pessoas acima dos 60 anos. Caracteriza-se pela demência ou perda de funções cognitivas, como memória e linguagem. De acordo com a Associação Brasileira de Alzheimer (Abraz), aproximadamente 1,2 milhões de pessoas enfrentam o Mal de Alzheimer no Brasil, a maior parte ainda sem diagnóstico. No mundo, há cerca de 35,6 milhões de casos. #Famosos