Não é só a novela de Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João Ximenes Braga que está no olho do furacão nos cultos evangélicos. 'Babilônia' tem registrado baixos índices e a Rede Globo já pensa em reduzir seu tempo no ar. O folhetim seria cortado de 200 para 160 capítulos. Outra história bastante criticada pelas igrejas é o drama bíblico de Moisés 'Os Dez Mandamentos'. Nem mesmo o fato da Record pertencer a um dono de igreja evangélica esfriou a fúria de alguns pastores.

A adaptação do enredo é feita pela escritora Vivian Siqueira. A autora precisou fazer mudanças no texto para adaptá-lo aos tempos modernos. E é justamente essas mexidas que tem motivado as críticas.

Publicidade
Publicidade

O líder da Assembleia de Deus Ministério do Madureira, em Paragominas, no Pará, Israel Gonçalves, está pedindo em seus cultos que os fiéis não se pervertam com a novela da Rede Record.

Pastor internauta

Além dos cultos presenciais, o pastor é moderno e evangeliza os frequentadores de sua igreja através do Facebook. Na rede social, Israel fez uma publicação na qual cita dez motivos para não se assistir a 'Os Dez Mandamentos'. "Isso só serve para corromper o povo. Eles estão mudando a história e inserindo coisas que nem existem na bíblia", disse Gonçalves.

Uso do nome de Deus para ganhar dinheiro

O pastor ainda criticou a Record por querer ganhar dinheiro com o nome de Deus. "Essa história só serve para o bispo Macedo ganhar dinheiro para sua emissora. Eles fazem de um jeito que parece que a coisa é um fruto bíblico, quando na verdade é somente mais um dos muitos produtos comerciais do canal.

Publicidade

Vamos continuar patrocinando o que consideramos pecado?", perguntou o pastor aos seus seguidores.

'Babilônia' e 'Os Dez Mandamentos' tirariam tempo de espiritualidade

Israel ainda enfatizou o fato dos fieis deixarem de ir às suas congregações para assistir novela. "Isso não é evangelização, muito pelo contrário, essa novela é bem parecida com 'Babilônia', retira as pessoas de um tempo em que elas poderiam estar disponibilizando para o encontro com Deus", comparou o líder religioso. A Rede Record não se pronunciou sobre as críticas. #Famosos #Televisão #Novelas