Um relatório divulgado ontem (10) revelou a causa do acidente aéreo que o ator Harrison Ford, de 72 anos, sofreu na última quinta, em Los Angeles. Segundo o documento divulgado pelo Conselho Nacional de Segurança do Transporte norte-americano, o motor do avião teria perdido potência antes do pouso forçado em um campo de golfe.

O relatório divulgado hoje é preliminar, até por isso, a agência vai continuar investigando o caso. Mas, ainda segundo o documento, o ator teria tentado fazer uma manobra para voltar ao aeroporto de Santa Mônica quando percebeu que perdeu a potência do motor. Após a queda, o avião ficou preso em uma árvore e só após caiu no campo de golfe. Segundo outras informações, essa era a única manobra que Ford poderia fazer para salvar a própria vida.

O documento não confirmou quem era o piloto do avião e nem destacou que Harrison Ford estava a bordo. Mas a assessora de imprensa do ator divulgou a informação de que o próprio Ford estava pilotando a aeronave.

O avião que o ator Harrison Ford estava era um modelo vintage. A aeronave datava do ano de 1942, sendo conhecido como um modelo Ryan PT-22 Recruit. Este tipo de modelo era utilizado durante a Segunda Guerra Mundial para o treinamento de pilotos.

Segundo a ABC News, o ator ainda estava internado no hospital pelo menos até a última segunda-feira. Mesmo com a internação, o ator passa bem e não deve ser prejudicado em nenhum de seus trabalhos. Entre os projetos, está o sétimo episódio da saga Star Wars, em que o ator interpreta o icônico Han Solo. A informação foi confirmada pelo site Entertainment Week. Além do personagem Han Solo, o ator Harrison Ford ficou conhecido por interpretar outros personagens famosos no mundo das telonas, como o aventureiro professor de arqueologia Indiana Jones.

Os próximos trabalhos do ator que devem ser lançados em breve são o novo episódio de Star Wars, com lançamento marcado para dezembro deste ano e A Incrível História de Adaline, com estreia marcada para o dia 28 de maio.

#Cinema