Enquanto a novela das nove Babilônia não consegue decolar, a das sete é só felicidade para a Rede Globo de Televisão. Escrita por Silvio de Abreu a história que tem a personagem vidente e charlatã Samantha (Claudia Raia) fechou mais uma vez nesta quarta-feira (08) como o produto mais assistido da televisão brasileira. E não foi só isso. A audiência conquistada ontem é a maior desde a sua estreia e só perde para o final de outra novela, exibida há quase dois anos pela emissora carioca.

Alto Astral vira maior audiência da Globo

Alto Astral estreou em novembro, agora já indo para a fase final, o folhetim de Silvio de Abreu tem a cada dia surpreendido no quesito fidelidade do público e aumento de audiência.

Publicidade
Publicidade

A trama que também é assinada por Daniel Ortiz alcançou seu recorde nesta quarta e fechou com 26,2 pontos. As informações foram confirmadas pelos dados consolidados do Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística, o Ibope.

Normalmente, o principal produto, o de maior audiência, é a novela das nove, mas essa foi superada até pelo Jornal Nacional. O telejornalístico apresentado por William Bonner e Renata Vasconcellos foi o segundo produto de maior público do dia e obteve 25,3 pontos de média, apenas um décimo a mais do que o drama de Beatriz (Glória Pires), Regina (Camila Pitanga) e Inês (Adriana Esteves), que cravou 25,2 pontos.

Tentando frear a queda, Babilônia exibe no capítulo desta quinta-feira (09) uma cena impactante. Beatriz ameaçará matar Inês, depois da rival começar a reclamar do seu relacionamento com o irmão de Regina.

Publicidade

No entanto, pelo menos, por enquanto, as duas não pretendem terminar a aliança e a loira vai fingir perdoar o gesto da mulher por quem é obcecada.

Maior audiência em quase dois anos

Os números altos de Alto Astral tem sido comemorados. Os índices são os maiores desde novembro de 2013, quando foi ao ar o desfecho de Sangue Bom. O último capítulo da história, fechou na ocasião, com 28 pontos. As médias são pesquisadas e divulgadas pelo Ibope. Cada ponto equivale a 67 mil domicílios na Grande São Paulo. #Entretenimento #Famosos #Novelas