Os baixinhos que acompanharam a série Teletubbies hoje já são adultos. No entanto, nada que impeça homens e mulheres de se lembrarem do tempo em que ainda eram meninos e meninas. Exibido pela Rede Globo de Televisão e pela TV Culura, Tinky Winky, Po, Dipsy e Laa-Laa logo viraram febre entre a criançada. As frases da turma ditas para um sol com rosto de bebê eram verdadeiros mantras que faziam a garotada ficar quieta esperando os personagens gritarem o "de novo, de novo". Não tinha nenhum pai ou mãe que dispensasse o auxílio do seriado enquanto precisavam fazer os afazeres de casa.

Infantil baseado em repetição para educar foi vítima de muitas polêmicas

Baseado em repetições como forma de educar, os bonecos dos Teletubbies invadiram o mercado e festinhas infantis tinham como tema os cinco amigos que viviam em uma espécie de jardim encantado.

Publicidade
Publicidade

No entanto, o programa também foi alvo de polêmicas e muitas lendas urbanas se formaram ao redor da história. Crianças cresceram ouvindo que os símbolos na parte superior da cabeça de Tinky Winky, Po, Dipsy e Laa-Laa fariam parte de uma seita dedicada ao demônio. Já outra teoria encarava os personagens como influenciadores da homossexualidade.

Ator que ganhou o Oscar fará a voz de um dos personagens

O certo mesmo é que eles vão voltar em breve. Depois de quatorze anos sem nenhuma produção e longe das telinhas, o produto infantil tem previsão de volta ainda para o fim deste ano. A febre da década de 90 tem agora o objetivo de cativar crianças que nasceram em um mundo muito mais tecnológico do que no passado. Para dar voz aos amiguinhos, gente famosa foi convocada, como o ator Jim Broadbent, que conseguiu o maior prêmio do cinema, o Oscar, e a atriz Jane Horrocks.

Publicidade

O seriado infantil teve os direitos autorais vendidos para uma produtora do Canadá. A direção do novo projeto ficou a cargo de Darrall Macqueen. Uma das criadoras da história original, Anne Wood, disse que não conseguirá assistir ao remake, já que segundo ela, os personagens seriam como filhos. "Me doeria muito ver eles, acho que deveriam investir em histórias novas e incentivar a criatividade", disse a profissional em uma entrevista a um site americano. #Entretenimento #Famosos #Televisão