Nesta quinta-feira (17) foi levado ao ar o último episódio da temporada do humorístico Tá no Ar, a TV na TV. O programa lembrou os cinquenta anos do canal que lhe dá espaço, a Rede Globo de Televisão. Além de brincar com programas e novelas de sucesso da rede, a atração citou artistas e emissoras concorrentes. A apresentadora Xuxa, o animador Silvio Santos, o personagem Chaves e até até a TV Record (essa indiretamente) ganharam espaço na grade do produto que critica a #Televisão.

Silvio Santos canta música de fim de ano da Globo

Imagina você está zapeando os canais pelo controle remoto quando de repente encontra Silvio Santos cantando a música de fim de ano da Globo.

Publicidade
Publicidade

Essa e outras situações engraçadas foram interpretadas por Marcelo Adnet e companhia no Tá no Ar, que não perdeu a oportunidade e homenageou o aniversário da vênus platinada.

Xuxa vira Galinha Preta Pintadinha

Quem também foi lembrada foi a apresentadora Xuxa, agora na Record. O humorístico criou versões infantis famosas na Globo para a Galinha Preta Pintadinha. O animal da "candomblecords" saiu de uma nave espacial e cantou um dos sucessos da rainha dos baixinhos. Programas como o Balão Mágico também foram lembrados no mesmo espaço.

Humorístico brinca dizendo que Chaves fazia figuração no canal

Após mais uma edição do Jardim Urgente que fez uma enquete aos moldes do Você Decide, foi a vez do Tá no Ar Show (referência ao Vídeo Show) falar sobre um personagem que faz muito sucesso no SBT.

Publicidade

Citando a emissora de Silvio Santos, Marcius Melhem disse que Chaves começou sua carreira fazendo figuração nas novelas da Globo.

TV Manchete é lembrada

Na subida dos créditos, como sempre faz, o programa mostrou um povo fala fake. Nele, um dos personagens disse que lembra do dia em que a Globo entrou no ar. "Eu tenho 45 anos", disse ele. Em seguida, uma pessoa do lado lembra que o canal está fazendo 50 anos. "Então será que era a Manchete", terminou fazendo referência à TV Manchete, fundada em 1983 e que parou suas transmissões em 1999.

Record é criticada

Até a TV Record foi satirizada de uma forma indireta. Em um musical ao estilo da vinheta de abertura da novela Vale Tudo, uma letra feita para a Globo falar sobre o que viu nos seus 50 anos. Nela, é dito que uma emissora bancada pelo dinheiro dos fiéis está tentando passá-la na audiência. #Entretenimento #Famosos