O que o telespectador quer assistir quando acompanha uma telenovela? Essa pergunta é mais difícil de se responder do que parece. Antigamente, era muito comum você ouvir as pessoas reclamando que as histórias dos folhetins eram parecidas e que o fim era basicamente o mesmo. Com o tempo, novos recursos foram ganhando espaço, como o 'quem matou?'. Os autores passaram a explorar então novidades, achando que isso aumentaria a audiência, só que é o excesso de tramas pesadas, inovação e recursos os principais problemas enfrentados pela novela das nove 'Babilônia' - então, o que fazer?

Não é de hoje que a #Televisão aberta vive uma crise de audiência.

Publicidade
Publicidade

Há 10 anos atrás, em 2005, 'América' chegava ao seu último capítulo com impressionantes 70 pontos de média. Neste sábado (04), o atual produto do horário nobre fechou com apenas 18, menos de 30% do que a novela de Glória Perez. Sim, a situação é outra, era um final de novela, mas é impressionante como o público se afastou dos televisores em tão pouco tempo.

O final de 'Império', de Aguinaldo Silva foi considerado um sucesso, mas o maior índice conseguido pelo autor foram 46 pontos, menos de 70% do que uma novela de dez anos atrás. Poderíamos voltar ainda mais no tempo, quando histórias como 'Irmãos Coragem' atingiram praticamente 100 pontos, ou seja, todos os televisores estavam ligados e vendo a trama. No entanto, os tempos são outros. O crescimento da TV a cabo e da internet no Brasil afastou o público da TV aberta.

Publicidade

Volta aos clássicos

No ano passado, Sérgio Valente, diretor de comunicação da Globo chegou a dar uma declaração de que a emissora se preocupa mais com a qualidade do que com a audiência de suas #Novelas. A mentira foi desvendada agora com os problemas que enfrentam o folhetim de Ricardo Linhares, Gilberto Braga e João Ximenes Braga. A emissora da família Marinho faz de um tudo para entender o que acontece com sua história e escala o elenco de 'Babilônia' para participar dos principais programas da casa.

Enquanto isso, o grupo de discussão sobre o drama já disse que o maior defeito dele é a falta de histórias tradicionais, do velho amor incondicional. Com isso, a TV Globo deve voltar às tramas clássicas para resgatar o telespectador. #Entretenimento