A TV Globo foi criada oficialmente há 50 anos no dia 26 de abril de 1965, no Rio de Janeiro, pelo saudoso Roberto Marinho que presidiu as organizações Globo até 6 de agosto de 2003. O ícone da #Televisão brasileira e comunicador do século conseguiu conciliar sua habilidade de jornalista com uma administração exemplar, construindo o verdadeiro império da área de comunicação.

Filho do jornalista Irineu Marinho Coelho de Barros, fundador do Jornal GLOBO (atual infoglobo), Roberto Marinho assumiu a direção do jornal após a morte de seu pai e de seu sucessor no jornal, Eurycles de Mattos, aos 26 anos de idade. Foi secretário dos dois até aprender todo o ofício.

Publicidade
Publicidade

Fundou em 1944 a rádio Globo do Rio de Janeiro.

Bastante atento ao mercado, o Doutor Roberto Marinho adquiriu algumas emissoras de comunicação, incluindo Central Brasileira de Notícias (CBN). O surgimento da TV Globo, canal 4 no Rio de Janeiro, em 1965, foi o pontapé para anos depois se transformar na Rede Globo de Televisão, presente atualmente em cadeia nacional.

Para comemorar esta história de sucesso, vários artistas passaram os dias ensaiando para o grande show da vida da televisão brasileira. "Hoje a festa é sua. Hoje a festa é nossa. É de quem quiser...". Assim, na noite de sábado (25) - após a novela Babilônia - a participação de artistas como Paolla Oliveira, Daniele Suzuki, Anitta, Luciano Huck, Angélica, Miguel Falabella, Patrícia Poeta, Luiza Possi, Roberto Carlos e diversas outras celebridades estiveram desde quarta-feira (22) no Maracanãzinho, Rio de Janeiro, para gravarem seus números no especial em homenagem à trajetória da TV Globo.

Publicidade

São muitos atores, cantores, apresentadores, humoristas, dançarinos que irão participar de um show com 90 minutos de duração. É um verdadeiro desafio para o diretor LP Simonetti que trabalhou durante cinco meses na formatação do evento cujo objetivo é falar do presente, não se esquecendo do passado e com o olhar para o futuro.

Provavelmente grandes artistas da comunidade Globo que já partiram para outro plano devem ter seus minutos ou segundos de destaque. O sábado (25) também é marcado para o velório e cremação do corpo do Diretor Roberto Talma que morreu na quinta-feira (23), com 65 anos, e realizou um espetacular trabalho de qualidade para a emissora. Ele participou da primeira equipe do Fantástico em 1973.

Parabéns a todos que ajudaram e continuam contribuindo para a manutenção deste grande veículo da comunicação brasileira. #Entretenimento #Famosos