É raro conhecer alguém que nunca tenha visto alguma série na vida. Elas variam de gênero, como: comédia, drama adolescente, sobrenatural, época medieval, ou mesmo tratar sobre seriais killers. Mas, como se explica a paixão desenfreada por séries? O que elas têm de tão atrativo? E por que, cada vez mais, diferentes faixas etárias estão optando por assistir séries ao invés de telenovelas?

A resposta é simples: por mais que o desenrolar de uma série perdure por algumas temporadas, elas prendem o telespectador, com um enredo envolvente. Algumas se destacam mais, pois, se transformam em um fenômeno pop, como é o caso da série épica Game of Thrones, que, já é considerada a melhor de todos os tempos.

Publicidade
Publicidade

Disputa pelo 'Trono de Ferro' ganha espaço na televisão e conquista fãs de todo o mundo

Quem nunca ouviu falar na famosa série Game of Thrones? Aclamada pelo público, está no ar desde 2011 no canal pago HBO e é baseada nos livros escritos por George R. R. Martin. Basicamente, a história se passa nos sete reinos de Westeros, onde "verões duram décadas e os invernos uma vida inteira". Game of Thrones mostra as lutas dinásticas entre as famílias nobres para ter o controle do 'Trono de Ferro' de Westeros. Na famosa série, que bate recordes de audiência a cada ano, teve, em dois episódios da quarta temporada, cerca de 7 milhões de telespectadores.

Em GoT, sigla popular da série, o que chama atenção do público é o fato das personagens femininas estarem em evidência, especialmente por ser retratada em uma época alusiva a Idade Média.

Publicidade

Há a mocinha que sonha em ser princesa e rainha (Sansa), a garota rebelde que não se contenta em ser o que se espera dela (Arya), a guerreira (Brienne), a matriarca dedicada e forte (Catelyn), a megera manipuladora, mas que faz tudo pelos filhos (Cersei) e a jovem determinada que assume o controle do próprio destino (Daenerys).

"Esse aspecto é ótimo em uma série que tem força cultural como Game of Thrones", comenta Maíra Bianchini. Ainda para Maíra, existe na série um "equilíbrio entre os papéis masculinos e femininos, pois a história se movimenta a partir das articulações planejadas e executadas por ambos os gêneros - o que também é algo positivo, pois, representa uma relação de igualdade em termos de importância para a história".

A quinta temporada da série estreou no dia 12 de abril na HBO e teve transmissão simultânea em todo o mundo.

#Entretenimento #Televisão #Seriados