A Agência Nacional de Cinema, a Ancine, vai dar quase R$ 4 milhões para um projeto de série da Rede Record. Além da emissora de bispo Macedo, outros quatro canais devem ser contemplados na iniciativa que destinará mais de R$ 9 milhões para a produção audiovisual no Brasil. Os canais que receberam a ajuda anunciada nesta semana são, além da Record, o CineBrasil TV, Universal Channel, BBC e Curta!.

'Curta!' foi contemplado com dois projetos

O último ganhou dinheiro para dois filmes. 'O retorno à África' é uma série documental e recebeu quase R$ 600 mil para mostrar uma pesquisa aos nossos ancestrais africanos. Partindo da Bahia, a direção é de Simplício Neto e Maria Pereira.

Publicidade
Publicidade

Já 'Nuvem cigana, artimanhas cariocas' teve verba de R$ 306 mil do Ministério da Cultura no programa 'Brasil de Todas as Telas'.

Série da Record custa quase R$ 4 milhões

A Rede Record recebeu três milhões e novecentos mil reais para gravar a série de ficção 'Sem Volta'. O projeto deve começar suas filmagens até o mês de junho e a previsão de estreia é entre o fim de 2015 e início de 2016. O drama conta a história de um grupo de amigos montanhistas que acabam se separando na montanha do diabo, no Rio de Janeiro, após uma tempestade muito forte atingir a região. A série mostrará como os personagens farão para sobreviver e deve fazer os telespectadores ficarem grudados na telinhas.

Outros canais também recebem incentivo da Ancine

A diretora Carla Albuquerque também conseguiu emplacar o projeto 'À brasileira' pela BBC Brasil. Ela recebeu quase um milhão de reais para contar a evolução dos pratos típicos brasileiros.

Publicidade

O roteiro fica por conta de Beto Ribeiro.

'Negócio de Família' foi mais uma das histórias contempladas e irá ao ar no Universal Channel. A série recebeu R$ 2 milhões da Ancine para contar a trajetória de uma família que vive no bairro da Lapa, no Rio de Janeiro, e que precisa lidar com a malandragem versus a ética para conseguir fazer um empreendimento alcançar o sucesso.

Quem ganhará uma segundo temporada é o seriado documental 'Expresso Brasil'. Orçado em R$ 1,28 milhão, o programa percorre as mais distantes localidades do país para mostrar os costumes e saberes da população. A série irá ao ar no 'CanalBrasil TV'. #Entretenimento #Televisão #Governo