O sucesso do ritmo Sertanejo é cada vez mais latente no Brasil. O número de CDs, DVDs, músicas que estão na boca do povo e shows espalhados por diversas partes do País servem para consolidar o gênero como, atualmente, o de maior destaque. Para confirmar essa grandiosidade, a empresa Crowley, especializada em Broadcast Analysis (análise de mercado), relatou que nove das 10 músicas mais tocadas nas rádios brasileiras no primeiro trimestre são sucessos sertanejos.

O pódio é liderado por um dos mais famosos cantores do gênero: Leonardo. O sucesso Um Degrau Na Escada, em parceria com Eduardo Costa, já foi ouvido nas rádios pelo Brasil 17.785 vezes entre janeiro e março de 2015.

Publicidade
Publicidade

A medalha de prata fica para a dobradinha entre a dupla sertaneja Henrique e Diego e MC Guimê. Com 17.760 execuções, a #Música Suíte 14 foi a 2ª mais tocada no Brasil este ano. E para fechar o pódio, uma dupla que faz parte do grupo de nomes históricos do Sertanejo nacional: Bruno e Marrone. A canção Agora pôde ser ouvida 17.425 vezes nas rádios até o fim de março.

A única música fora do sertanejo que ocupa o top 10 da Crowley é Ritmo Perfeito, da funkeira Anitta, que ficou  9ª colocação com 15.421 execuções.

Semana de 19 a 24 de abril

A mesma empresa fez o balanço das músicas sertanejas mais executadas nas rádios na última semana. O primeiro lugar ficou por conta do príncipe do sertanejo, Luan Santana. Com a música Escreve aí sendo tocada 1.958 vezes, Luan encabeça a lista.

Publicidade

Ele vem seguido por 10 minutos longe de você, com 1.857 execuções, de Victor e Léo com participação de Henrique e Juliano, talvez a dupla revelação do sertanejo no ano passado. O terceiro lugar é ocupado pela segunda música mais executada no País no primeiro trimestre: Suíte 14, 1.794 vezes.

O restante do Top 10 é composto por: Mudando de assunto (Henrique e Juliano), Agora (Bruno e Marrone), Hoje eu tô terrível (Cristiano Araújo), Amiga Linda (João Bosco e Vinícius), Toca um João Mineiro e Marciano (Jads e Jadson), Previsão do Tempo (Fernando e Sorocaba) e Presto Pouco (João Neto e Frederico). #Entretenimento