Quando o assunto é manter a boa forma, muitas das vezes pensamos que os #Famosos levam vantagem e que as atrizes estão sempre magras sem ter feito um mínimo esforço. Muitas das vezes nos equivocamos em pensar assim. A atriz Fernanda Paes Leme assumiu ser chocólatra e sempre se esforçou para conseguir manter os quilos que sempre teve. Mas um dia ela não aguentou a tentação aos doces e disse que que estava no Nordeste onde encenava uma de suas peças, antes de iniciar as gravações da novela, e com tantas guloseimas e comida deliciosas ela se rendeu e acabou adquirindo uns quilinhos a mais, precisamente 5 quilos afirmou a atriz.

Para interpretar personagem na nova novela ela teve que emagrecer os 5 quilos, chegando em São Paulo, a atriz se assustou com a nova realidade e disse que precisava urgentemente eliminar os quilinhos a mais.

Publicidade
Publicidade

Foi então que ela procurou um especialista para colocar a rotina de alimentação em dia. O médico que a Fernanda se consultou foi o endocrinologista Fabiano Serfaty, que disse ter optado por assustar o organismo da atriz procurando aumentar o metabolismo. Serfaty elaborou um cardápio onde a atriz poderia consumir 30% de carboidrato diariamente, eliminando da rotina da atriz o chocolate, o que deixou a atriz assustada e apreensiva com a novidade de abandonar o vício em chocolate.

O médico explica que a exclusão de chocolate é devido a lactose presente no alimento que também é carboidrato, por isso devem ser evitados como o queijo e o leite. Apesar da restrição de algumas guloseimas o esforço foi recompensado e Fernanda eliminou os 5 quilos em menos de um mês e pode arrasar na novela. A atriz contou que estar acima do peso a preocupava por saber que a televisão faz parecer que os atores estão maiores, e disse que o rosto e os braços eram as partes que mais apareciam ter engordado.

Publicidade

Por necessitar de algo urgente ela seguiu arrisca o que o endocrinologista passou. A #Dieta foi dividida em dois estágios. No primeiro estágio foi elaborado um cardápio com os 30% de carboidratos a serem consumidos diariamente, onde eram favorecidos os alimentos proteicos e as gorduras saudáveis. No segundo estágio o carboidrato era resgatado, e privilegiava os alimentos integrais. #Dicas