Não tá fácil para ninguém que escolheu seguir o ramo da comunicação. A crise pegou em cheio os principais veículos midiáticos do país e parece que agora até a internet começa a sofrer suas perder. Um dos maiores portais de notícias do Brasil, o iG, anunciou cortes e disse que a atitude foi tomada justamente devido aos problemas financeiros ocasionados pela crise. De acordo com o Portal Imprensa em publicação realizada nesta quinta-feira, dia quatorze de maio, cerca de vinte jornalistas foram demitidos. O iG preferiu não dar uma estimativa sobre o assunto. 

Em nota enviada ao Portal Imprensa, o site diz que a crise econômica afeta todas as áreas e que o jornalismo é só mais um delas.

Publicidade
Publicidade

A empresa lamenta as demissões, mas fala em "momento delicado", em que está sendo necessário se readequar aos novos tempos. O iG diz ainda que a medida foi tomada para que a empresa volte a crescer e retome um segmento em que ela já foi uma das líderes no mercado brasileiro. O site comunicou também que a decisão aconteceu em comum acordo com outras empresas amigas, como os jornais cariocas 'O Dia' e o 'Meia Hora'.

Essa é a primeira notícia sobre demissões em um grande site sediado aqui no Brasil neste ano. Anteriormente, já havíamos informado sobre os cortes que passam diversos jornais impressos, como 'O Estado de São Paulo' e a 'Folha de São Paulo'. A revista 'Veja' também foi outra marca que fechou sua versão física em Brasília e que agora só trabalha com o portal online, especialmente, com dicas de gastronomia, já que a publicação local recebe muitos patrocinadores desse ramo.

Publicidade

A 'Super Rádio Tupi' do Rio de Janeiro também chegou a dever salários a seus funcionários, mas a situação foi normalizada. Os cortes também chegaram às redes de #Televisão abertas e a mais afetada foi a TV Bandeirantes, onde se fala em centenas de demissões. No entanto, até mesmo a Rede Globo de Televisão teve que se readequar aos novos tempos. Aliás, o Grupo Globo, recentemente, extinguiu a versão no rádio do 'Programa do Jô' por estar achando o dinheiro pago ao Ecad alto demais.  #Entretenimento #Famosos