Em fevereiro, antecipando todas as festas de comemorações, a Banda do Sargento Pimenta homenageou os 50 anos de lançamento de HELP! dos Beatles. Mas muitas outras homenagens não passarão despercebidas esse ano.

Em princípio, o segundo filme de suas carreiras teria o nome de "Eight Arms to Hold You", porém, quando as filmagens estavam sendo feitas nos Alpes Austríacos, John Lennon começara a compor a canção mais pessoal de sua carreira: HELP. Só em abril foi decidido que o título do filme seria o mesmo da canção de John.

Era como se os rapazes gritassem em uníssono por SOCORRO!, pois, segundo o roteiro, os Beatles eram perseguidos por um cientista maluco e principalmente por fanáticos de uma seita, que, ao assistirem um vídeo no templo, descobriram que o "anel do sacrifício" - que continha um enorme brilhante vermelho - foi parar, não se sabe como, num dos dedos do baterista, e o pior era que o anel não saía de jeito nenhum.

Publicidade
Publicidade

A verdade por trás da #Música é que Lennon transmitia na letra todo seu tédio com as consequências da fama.

Iniciaram as gravações para a trilha sonora em fevereiro, logo após o casamento de Ringo com Maureen, embora entrassem e saíssem frequentemente dos estúdios de Abbey Road nas folgas das filmagens para completarem-na, inclusive com HELP!, de John e outra, a mais famosa de Paul: Yesterday, que não é executada durante o filme.

Embarcaram para as Bahamas e iniciaram as filmagens no dia 24, véspera do aniversário de 22 anos de George Harrison.

HELP! foi filmado sob uma densa névoa de "cannabis", passo químico dado pelos rapazes para seus momentos de relax, ou até mesmo de trabalho. Ringo conta no documentário "Beatles Anthology" que, depois de certa tomada nos Alpes, ele e Paul correram para longe com o intuito de usufruírem de um cigarro da droga, apresentada a eles por Bob Dylan no ano anterior.

Publicidade

Segundo Paul, o consumo do cigarrinho de ervas fazia com que eles caíssem nas gargalhadas e consequentemente relaxassem, então inventaram o código para fumarem: "Vamos dar umas risadas." Depois dessa época, partiram para drogas mais pesadas.

Uma das tantas curiosidades sobre HELP! é que George Harrison encontrara uma cítara num dos sets e começou a brincar com o instrumento indiano. Gostou do som extraído do exótico instrumento e depois passou a introduzir passagens com a cítara em algumas músicas, tendo sido "Norwegian Wood" a primeira delas, do álbum seguinte, "Rubber Soul", lançado no final de 1965. Levou a sério e teve aulas com o indiano Ravi Shankar.

Segundo Cynthia, então esposa de John, ele adorava fazer filmes, embora detestasse decorar textos. No ano seguinte, seu primeiro projeto solo fora exatamente o filme "How I Won The War", logo após a última turnê. Participaram alguns experientes atores na época, como Leo McKern, Victor Spinetti e Eleanor Brown, com quem John tivera um caso.

Publicidade

Terminaram as filmagens em maio. A premiére de HELP! fora no London Pavillion, com a presença da Princesa Margaret, e a trilha sonora foi lançada no mês de agosto. Foi um ano bem movimentado na carreira dos "Fab Four", pois, além das filmagens de HELP!, as gravações da trilha sonora do filme e mais uma turnê americana, foram também condecorados pela rainha como Membros do Império Britânico, em mais um tumultuado evento, sempre causado pela histeria dos fãs.

Apesar de toda agitação do ano de 1965, fechavam-no com chave de ouro, produzindo o excelente álbum "Rubber Soul". #Cinema