Este ano comemoramos os cinquenta anos da Rede Globo de #Televisão. O canal da família Marinho ao longo de tantas décadas poucas vezes teve um concorrente à altura. Se hoje falamos dos seus índices que caem ou da derrocada de Babilônia, isso não significa de fato que o império carioca esteja ruindo, muito pelo contrário. Mesmo não vivendo a melhor de suas fases, a Globo está muito longe de perder sua liderança e aposta em produtos para o futuro. Este ano a TV Globo lançou um jornal de um minuto de duração em parceria com seu portal de notícias, o G1. O nome da atração é G1 em 1 Minuto e impressiona pelo seu jeito despojado de apresentação.

Se a Globo evita apelar em seu jornalismo e apenas tenta seguir o rumo da sociedade, se modernizando, sua principal concorrente, a Record, aposta cada vez mais na repetição de VTs e na cobertura policial.

Publicidade
Publicidade

O sucesso de Marcelo Rezende com o Cidade Alerta nas tardes do canal de bispo Marinho parece ter atiçado a emissora da Barra Funda, que agora dará mais três horas de programas policiais pela manhã. Aliás, o espaço para o jornalismo na TV aberta só vem crescendo. No entanto, com ele o crescimento recíproco de programas de gosto duvidoso.

Os jovens um pouco mais velhos vão lembrar de um tempo em que por alguns anos a televisão brasileira teve um bom jornalismo competitivo com a TV Globo. Em uma época em que o Jornal Nacional tinha apresentadores engessados e mastigava as matérias muito mais do que hoje, o Jornal da Manchete apresentava reportagens com três, quatro, as vezes cinco minutos de duração. O resultado, é claro, foi muito elogiado.

A emissora de Adolpho Bloch foi fundada em junho de 1983.

Publicidade

Um anos depois já marcava história por ser a primeira a transmitir o carnaval carioca do Sambódromo do Rio de Janeiro. Se mais tarde, a rede do "Seu Adolpho" ficaria conhecida pelas novelas, como Pantanal e Xica da Silva, desde os primeiros dias a TV Manchete tinha até em seu nome a função de noticiar. Em pouco mais de quinze anos no ar, foram olimpíadas, copas do mundo e eventos que ficaram na memória. No entanto, muito mais do que isso. O canal se preocupava muito mais em fazer um jornalismo abrangente do que chamar a atenção para a desgraça humana e tinha bons resultados. #Entretenimento #Famosos