A Rede Globo de Televisão está mesmo em maus lençóis. Seu principal produto, a novela das nove 'Babilônia', não para de fracassar na audiência. Nesta quinta-feira, dia 28 de maio, por exemplo, o drama de Gilberto Braga, João Ximenes Braga e Ricardo Linhares alcançou apenas um ponto a mais do que 'Malhação' no Rio de Janeiro. De acordo com o Ibope, foram 29 versus 28. 

No entanto, a situação de 'Babilônia' é ruim mesmo em São Paulo. Na capital paulista, o produto global está sendo apenas o terceiro produto mais visto, perdendo para 'I Love Paraisópolis' e para o 'Jornal Nacional'. A queda no público também afeta a linha de shows noturna da rede de TV da família Marinho.

Publicidade
Publicidade

Programas tradicionais como 'Tapas e Beijos' estão seguindo a tendência e fazendo metade do que o que obtinham no passado.

O alerta vermelho acendeu nos últimos dias quando a TV Record decidiu dar uma esticada em 'Os Dez Mandamentos'. Nesta quinta, o drama épico de Moisés bateu seu recorde absoluto. Exibido entre 20h40 e 21h53, o folhetim conquistou a maior audiência da dramaturgia da Record nos últimos três anos. Ibope parecido mesmo foi visto no canal de Edir Macedo no capítulo final de 'Vidas em Jogo', exibida em abril de 2012.

E olha que muita coisa ainda estar para rolar em 'Os Dez Mandamentos'. Ontem foram 15,4 pontos de média, 17 de pico e 21,7% de share. Ou seja, de todos os televisores que existem em São Paulo, um estava ligado na Record. A mesma audiência também foi obtida no Rio de Janeiro.

Publicidade

O SBT que exibe o trecho final de 'Chiquititas' e a reprise de 'Carrossel' também está indo muito bem, obrigado, atingindo regularmente os dois dígitos. Tantos fatores positivos nos concorrentes e o fracasso de Babilônia, já fazem a Globo pensar em atrasar toda sua programação em cerca de meia hora, iniciando a história de Inês (Adriana Esteves) e Beatriz (Glória Pires) por volta das 22h. O único dia que isso não aconteceria seria nas quartas-feiras por cona do futebol. É o que garantem fontes ligadas ao canal

Os telespectadores mais ligados já notaram que nas terças e quintas-feiras a novela começa mais tarde. A Globo colocou a desculpa no horário político, que agora divide 'I Love Paraisópolis' em duas partes. A questão é que há anos a propaganda partidária é exibida às 20h30, mas só agora a emissora se readequou a nova realidade.   #Entretenimento #Famosos #Televisão