As ervas guardadas com cuidado duram mais e serem úteis em diversas situações. Elas são um complemento à utilização de outros alimentos que podem trazer vitaminas e minerais dos alimentos para melhoria do estado de bem-estar.

Pequenos recipientes e cuidado com armazenamento podem fazer com que elas durem mais. Não é preciso ser mestre cuca, nem chefe de restaurante famoso, para conhecer um dos "segredos" da gastronomia. É possível obter o mesmo resultado que eles conseguem e tornar os seus pratos e receitas muito mais deliciosas. Algumas ervas podem, de quebra, com uso de um bom chá na hora certa, resolver pequenos problemas de saúde.

Publicidade
Publicidade

Não é difícil conseguir manter o tripé da qualidade: preservar o sabor, a textura e o aroma de seus temperos e ervas. O mercado municipal ou uma pequena horta, que pode ser cultivada e mantida mesmo dentro do apartamento, no meio da selva de pedra, representam uma solução fácil e barata.

O que deixa algumas pessoas aborrecidas, mas sem razão é quando, na hora da utilização se observa que elas perderam a qualidade, estragaram, mofaram e perderam as suas principais qualidades. Tudo isto pode ser evitado com pequenas dicas.

Se você tem sua pequena horta não precisa sair para comprar, mas se não tem cuidado quando for visitar aquela farmácia de fitoterapia ou o mercado compre as ervas e temperos em baixa quantidade, principalmente se morar em local úmido. Elas estragam com facilidade.

Publicidade

Utilize o sempre o mesmo recipiente para uma erva e evite misturar variedades diferentes. O gosto e aroma de uma delas pode prejudicar o gosto e o aroma das outras. O cuidado deve ser redobrado com as mais fortes. Deixar o recipiente sem tampa é o mesmo que não usar recipiente nenhum.

O cuidado com umidade e calor excessivo. A geladeira pode preservar muitas coisas, menos as ervas e temperos. Lá a umidade está sempre presente. Se você quiser esnobar. Tenha em sua despensa um pequeno armário para guardar os seus potes com as ervas. Capriche e coloque o nome de cada erva no vidro, pintando o armarinho com amor e carinho.

Jogue fora ou utilize para outra coisa qualquer os potes de plástico. Eles até podem funcionar, mas não são os mais recomendados, dê preferência aos potes de vidro. Não gaste a toa. Aqueles potes onde são armazenadas papinhas e outras substâncias que não deixam gosto e sabor podem ser utilizados sem problemas.

Se você quer ter as ervas frescas, a melhor saída é aquela pequena horta. Se você não a tiver, pode guardar na geladeira, mas lembrando dos cuidados com a umidade. Existem pequenos sachês que podem evitar o problema.

Muitos mestres da cozinha transformam seus temperos em pequenos cubos de gelo. O segredo é montar os cubos com óleo ao invés de utilizar água. As dicas estão dadas. Vá até seu armarinho, escolha um bom tempero e capriche. Bom apetite! #Culinária