A presidente Dilma Rousseff será a entrevistada exclusiva no Programa do Jô, num formato especial de três blocos. Jô Soares deverá focar temas como a crise governamental e considera-se uma oportunidade da autoridade máxima do país expor os planos para uma possível recuperação do Brasil nos planos econômico e social.

Não será a primeira vez em que a presidente participará do talk-show, em 2008, ainda no cargo de Ministra da Casa Civil, fora entrevistada por Jô Soares nos estúdios da Rede Globo. Só que dessa vez acontecerá no Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência da República.

Sem a banda de apoio do programa e sem plateia, especula-se nas redes sociais o temor de Dilma em aparecer em público e optar por ser entrevistada nessa condição, na qual estaria livre de constrangedores apuros e, admitiu-se até o barulho de batidas em panelas, o que virou moda em termos de protesto, contra a sucessora de Lula na Presidência.

Publicidade
Publicidade

Mas, pode ser possível que, durante a entrevista, o famoso "panelaço" venha a acontecer, fato também especulado nas redes sociais do país. Como a entrevista acontecerá no horário da madrugada, o "panelaço" poderá infringir a "Lei do Silêncio", fato que poderá ser ignorado pelos milhares de protestantes do governo atual.

TEMOR DE APARIÇÕES PÚBLICAS

Com um governo considerado impopular em várias pesquisas recentes, em algumas ocasiões #Dilma Rousseff foi alvo de protestos nas aparições públicas e até xingamentos com palavras de baixo calão lhe foram dirigidos, como se deu na Copa do Mundo, no ano passado. Em algumas tentativas de visitas também as mesmas foram canceladas no ato. As aparições públicas da presidente tem sido raríssimas devido a este fato.

Mas Dilma não é o único alvo de indignações.

Publicidade

Alguns colunistas de oposição ao Governo acusam o apresentador de emprestar seu programa para dar voz à Chefe Maior do Estado. Um fato concreto é que Jô Soares e Dilma Rousseff se encontraram no dia 18 de maio, no Palácio do Planalto, depois de o apresentador criticar no seu programa de #Televisão as milhares de manifestações favoráveis ao impeachment da presidente.

"Eu acho inacreditável, discordo frontalmente de cartazes de 'Fora Dilma', 'Fora FH', 'Fora Lula', como se presidente da República fosse técnico de futebol", disse Jô Soares no programa. Essa declaração não contribuiu nem um pouco para sua popularidade.

O Programa do Jô vai ao ar hoje, 12 de junho, após o Jornal da Globo, na Rede Globo. #Famosos