A TV Record está com problemas na área da produção dramatúrgica. O canal de bispo Macedo está vendo grandes nomes deixarem à emissora e começa a ficar desfalcado. Se no passado, a rede de TV viu um movimento contrário, com ex globais entrando, agora esses artistas procuram a porta da saída. Entre eles estão Mel Lisboa, Leonardo Brício e Paloma Duarte. Até a autora Cristianne Fridman encerrou seu contrato. Ela foi responsável por grandes sucessos, como 'Vidas em Jogo' e 'Chamas da Vida'. 

De acordo com o jornalista Daniel Castro do site Notícias da TV, em publicação nesta segunda-feira, dia oito de junho, a TV Record estaria aproveitando a demandada de celebridades para colocar em prática um plano já antigo, terceirizar toda a dramaturgia da emissora.

Publicidade
Publicidade

A media seria tomada porque o RecNov no Rio de Janeiro se tornou um verdadeiro elefante branco. Com dez amplos estúdios, o Projac do canal de bispo Macedo só é utilizado para a novela bíblica 'Os Dez Mandamentos'. Também será lá que será realizado o programa da apresentadora Maria da Graça Xuxa Meneghel, que estreia em agosto.  

A Record estaria mesmo querendo vender o espaço, mas o empreendimento grandioso tem dificuldades para encontrar quem queira comprá-lo. O canal que diz lutar pela liderança pode terceirizar toda sua produção e isso já deve ser feito ao fim das gravações do drama bíblico de Moisés. O espaço será usado apenas para um novo folhetim e para Xuxa. Os outros estúdios vazios devem ser alugados. E eles vão ter até entrada independente, isso tudo para desvincular o espaço à emissora e tentar assim ter menos prejuízo financeiro.

Publicidade

Ainda segundo o Notícias da TV, o processo de terceirização das as #Novelas da Record é responsabilidade do vice-presidente executivo do canal, Marcus Vinicius Vieira. O empresário chegou a viajar para os Estados Unidos para ver como a ação é feita no cinema americano e deve adotar projetos parecidos aqui no Brasil. O próximo produto dramatúrgico a entrar no ar, 'Escrava Mãe', já é feito no modo terceirizado e ficou a cargo da produtora Casablanca.   #Entretenimento #Televisão