Um verdadeiro inferno astral perpassa pelos bastidores do folhetim das nove horas da Rede Globo de #Televisão, 'Babilônia'. O fracasso de audiência pegou em cheio os atores do drama de Gilberto Braga, João Ximenes Braga e Ricardo Linhares. De acordo com o colunista Daniel Castro do site Notícias da TV, Sophie Charlotte e Adriana Esteves foram vistas chorando pelos corredores da emissora. Tudo isso porque as duas não estão aguentando a pressão e também não gostaram nada do rumo de suas personagens.

Adriana Esteves seria a pessoa do elenco que mais vezes demonstrou que está chegando a seu limite. O estresse dela se torna ainda maior quando Adriana se lembra que recebeu o convite de João Emanuel Carneiro para estar em 'A Regra do Jogo', mas a Globo não deixou ela aceitar por achar a nova personagem parecida com Carminha de 'Avenida Brasil', história assinada pelo mesmo autor no passado e que chegou a picos de mais de 50 pontos no Ibope.

Publicidade
Publicidade

O dobro registrado pelo atual folhetim, no qual Esteves foi praticamente obrigada a atuar. 

Marcos Pasquin foi outro que se preparou para viver um personagem diferente, um homossexual. Ele ficou marcado por participar de várias novelas descamisado. No entanto, a trama gay que envolvia ele foi deixada de lado e agora ele vive um romance com uma das protagonistas da história, Regina, interpretada por Camila Pitanga. Especialistas dizem que o principal erro de 'Babilônia' foi ceder às críticas de todos os lados que apareceram, o que fez com que a história se tornasse confusa. Para muitos atores, os escritores também deveriam peitar as pesquisas, pelo menos em algumas tramas. 

Enredo mudou da água para o vinho várias vezes 

Sophie Charlotte fez laboratório para viver uma prostituta, mas a Globo avaliou que a história tinha polêmicas demais e Charlotte virou uma moça guerreira.

Publicidade

O mesmo valeu para Bruno Gagliasso. No início ele era um cafetão, depois sumiu da novela e voltou bonzinho. Semanas depois era um psicopata tentando matar até o próprio irmão. Que confuso, não?



#Entretenimento #Música