A crise econômica começa a dar seus ares no SBT. A emissora passará a ter apenas um telejornal ao vivo a partir do próximo dia 13 de julho. A informação foi confirmada nesta segunda-feira, 07, pelo colunista Flávio Ricco do UOL. Uma fonte que preferiu não se identificar nos disse que alguns contratos não estão sendo renovados. A promessa é que assim que as condições financeiras da emissora melhorarem, esses profissionais possam voltar ao batente, até lá eles ficam sem dinheiro e podem até mudar de empresa. Não existe nenhum compromisso formal.

O 'SBT Brasil' passa a ser a partir do dia 13 o único telejornal ao vivo da emissora de Silvio Santos.

Publicidade
Publicidade

O 'Jornal do SBT' passará a ser completamente gravado. O objetivo é economizar não pagando adicional noturno para as equipes técnicas, que varam a madrugada para botar tudo no ar. Já tem gente chateada porque sabe que receberá bem menos no fim do mês. Alguns profissionais até já tinham feito compromissos contando com esse dinheirinho a mais.

Agora passa a ter mais sentido a declaração feita por Silvio Santos exibida em seu programa neste domingo, 05. Ele em tom de brincadeira disse que sua emissora não era palco político, mas sim indústria do #Entretenimento. Ele citou Danilo Gentilli e a jornalista Rachel Sheherazade antes de dizer que o tema passava a ser proibido dentro do canal. Para muita gente esse foi o jeito Silvio Santos de mandar um recado sério e um modo do apresentador acalmar os ânimos com o governo.

Publicidade

O SBT tem perdido feio na briga para conseguiu anúncios publicitários institucionais do governo. Segundo a Folha de São Paulo, nos últimos doze anos, mesmo tendo mais audiência que a Record, a rede de TV recebeu menos verba que o canal do bispo da Igreja Universal do Reino de Deus, Edir Macedo. De acordo com informações vindas do palácio do planalto, o motivo seria que anunciar na Record é mais caro porque a TV faz mais programação ao vivo, enquanto o SBT insiste em investir em produtos enlatados. O resultado é esse que vemos agora.  #Famosos #Televisão