Desde que deixou o 'Custe o Que Custar' da TV Bandeirantes, Monica Iozzi tem seu trabalho reconhecido em outra emissora, a Rede Globo de Televisão. A apresentadora e atriz esteve em produções como o 'Big Brother Brasil' e a novela 'Alto Astral'. Neste ano, mais um novo desafio, comandar ao vivo o 'Vídeo Show'. Ao lado de Otaviano Costa, Monica faz muitas brincadeiras e cativou o público. O vespertino divide a opinião dos telespectadores. Os mais tradicionais acham que poderia ter um pouco menos de bagunça, mas os mais modernos creditam a salvação do 'Vídeo Show' nos dois novos nomes.

Otaviano foi escalado para substituir Zeca Camargo, quando o jornalista ainda estava na atração e sofria rejeição.

Publicidade
Publicidade

Uma fonte ligada à Globo garante que a rede de TV carioca teria feito uma alta proposta para Iozzi permanecer no programa. O valor que para nós meros mortais seria uma fortuna foi rejeitado pela morena, que disse que não liga para dinheiro. 

Em entrevista ao jornal carioca Extra publicada neste domingo, 26, Monica Iozzi, voltou a falar sobre sua saída do programa. Ela está escalada para o remake de 'Sassaricando', que só deve estrear no ano que vem na telinha da Rede Globo. Na conversa com o impresso, Monica explicou porque não quer continuar no 'Vídeo Show'. De acordo com a famosa, ela não está preocupada com dinheiro, já que ganha muito bem. Ela ainda informou que seu companheiro de bancada, Otaviano Costa, entenderia seus motivos. 

Monica ainda revelou que já teve que trabalhar por um salário de R$ 1.800, mas que hoje recebe bem mais que isso.  Hoje ela quer se realizar em sua carreira. Aos 33 anos de idade, Iozzi se pergunta sobre o que quer fazer daqui para frente. "Eu me dediquei durante toda uma vida à dramaturgia. Ficar mais tempo no Vídeo Show de uma certa maneira me impediria a viver esse sonho que tanto trabalhei para conquistar", desabafou a celebridade.  #Entretenimento #Famosos #Televisão

Monica revelou ainda que por muito tempo não respeitou suas próprias vontades, fazendo alguns trabalhos que não gostava com o intuito de conquistar outros, mas que no momento, ela não precisava mais fazer isso.