'Além do Tempo' está se mostrando o maior acerto da Rede Globo de Televisão em 2015. A novela das seis assinada por Elizabeth Jhin chega a ter a mesma audiência do 'Jornal Nacional' e já esbarra no Ibope do folhetim das nove, 'Babilônia', que é considerado o maior fracasso do horário de todos os tempos. Na história original de 'Além do Tempo', o personagem de Ana Beatriz Nogueira, Emília, morreria já na segunda semana de exibição. No entanto, o sucesso na atuação da atriz fez a autora do enredo mudar uma cena, que já até havia sido gravada.

Cena de morte foi gravada, mas não foi nem ao ar por conta de mudança na novela 

De acordo com um fonte ligada à Globo, até a cena do enterro de Emília chegou a ser gravada.

Publicidade
Publicidade

Ana Beatriz e Irene Ravache, entretanto, podem agora travar novas batalhas e possivelmente até promover um aumento da história, que até então estava prevista para 70 capítulos nesta primeira parte.  A personagem de Ana Beatriz Nogueira deve morrer mais para frente na história, só ainda não está previsto até agora em que capítulo isso vai acontecer. O jeito para "ressuscitar" Emília foi colocar um anjo na cena exibida nesta sexta-feira, 24. O anjo deu um terço na mão da mãe de Lívia (Aline Moraes) e milagrosamente ela voltou a viver. Emília ainda disparou: "agora eu vou viver, eu vi uma luz". Os outros personagens concordaram com ela e ainda disseram que ela até estava mais corada. #Famosos #Televisão #Novelas

Personagens pobres vão ficar ricos e terão nova oportunidade para vencer na vida

A informação também foi confirmada neste sábado, 24, pela jornalista do jornal O Globo, Patrícia Kogut. De acordo com a repórter, o empenho de Ana Beatriz Nogueira foi fundamental para que ela ganhasse a confiança de Elizabeth Jhin, que decidiu mudar a história de Emília. Lembrando que na segunda fase da novela, os personagens terão uma segunda chance. Eles voltam à vida nos dias de hoje, só que muitos tem mudanças em sua personalidade e também em sua condição social, ou seja, quem era rico fica pobre, e vice e versa.