Antes de você começar a ler esse artigo, esse repórter precisa confessar, no fundo ele também é um fã de Xuxa. E exatamente por entender o quão ser fã implica em gostar de coisas que não fazem o menor sentido lógico, ele lhe adverte: se você realmente é fã da loira parta para próxima e não continue lendo. Isso porque por mais que no seu eu lógico concordes com a maior parte das coisas que estarão escritas aqui, você vai pestanejar e provavelmente quase fazer desse artigo um case Zeca Camargo. Mas vamos começar?

Meses separam a Xuxa que estava na Globo e a Xuxa que vai entrar no ar na Record. O que ouvimos em entrevistas e mais entrevistas? Uma palavrinha mágica: inovação.

Publicidade
Publicidade

A apresentadora realmente precisa se reinventar para entrar numa briga de gente grande, onde nem sempre ganha quem tem mais simpatia ou o melhor programa. As vezes ou quase sempre, o que dá audiência mesmo é aquilo que é mais polêmico. Mas será que a "rainha dos baixinhos" estaria disposta a provocar esse tremendo alvoroço? Ela mesmo já disse que não.

Xuxa alertou em entrevista a Rodrigo Faro que o público não terá nada de extraordinário, apenas uma loira mais feliz no palco. A mãe de Sasha reclamou também para Faro que se sentia presa na Globo e que era controlada. Ela argumentou que tudo o que usava passava antes pela aprovação do canal da família Marinho. Alguém acredita que está sendo diferente na Record? Vemos uma Xuxa mais masculinizada e (por mais que ela negue) parecida com uma famosa comunicadora americana (Ellen Lee DeGenere), a quem ela diz se espelhar.

Publicidade

A inovação será copiar alguém que já existe? Não, não é. Neste terça-feira, 30 de junho, começou a ser veiculada uma nova chamada do programa 'Xuxa Meneghel' na Record. No vídeo, Marcelo Rezende é alertado por sua produção que terá que gravar uma matéria de última hora. Ele começa a anunciar a nova atração da casa e no fim dá de cara com Xuxa dando tchauzinho.

O comercial chama atenção, mas é brega. Em nada ele inova naquilo em que já sabemos e conhecemos de Xuxa. Se ela quer mesmo se inovar e modernizar, vai precisar bem mais do que se fingir de madame em um conversível. Do contrário, corremos o risco de vermos a apresentadora de chuca e botas dando "beijinho beijinho, tchau tchau". #Entretenimento #Famosos #Televisão