Hoje os telespectadores do SPTV, jornal diário exibido pela TV Globo ao meio dia, se surpreenderam com as persianas fechadas. O programa possui uma janela de vidro ao fundo, que mostra o trânsito de São Paulo e a ponte estaiada. Hoje pela manhã, um boneco inflável de #Lula com vários metros de altura foi colocado na ponte.

Tal feito obrigou a emissora a fechar as persianas para não noticiar, nem dar destaque, a atitude de quem não aguenta mais os erros do ex e atual governo. A imagem está rodando o mundo e virou destaque de centenas de jornais impressos, digitais e televisivos no Brasil e no mundo. Muitas pessoas estão indo até a ponte para fotografar o boneco e fazer algum tipo de apoio ao ato.

Publicidade
Publicidade

O boneco de Lula está vestido de presidiário, com a numeração 13-171 na parte frontal (treze pelo número do PT e 171 pelo artigo que tipifica estelionatário no Código Penal Brasileiro). A criação mexeu com os usuários das redes sociais, tornando-se um dos dez assuntos mais mencionados no Twitter e no Facebook.

O movimento MPL chegou a anunciar que cogita vender réplicas em miniatura do boneco para arrecadar fundos para os próximos protestos. O Instituto Lula tentou amenizar a situação ao afirmar que Lula foi preso durante a ditadura militar por defender a liberdade de expressão, da qual as pessoas tem direito hoje, que o mesmo nunca fez nada de ilícito em sua vida e que só pode ser acusado de ter “extinguido” a pobreza do Brasil.

A nota gerou piadas e revolta nas redes sociais, que publicaram fotos de nordestinos esquecidos no sertão, bem como de moradores de favelas ao lado do discurso do fim da pobreza.

Publicidade

Os líderes dos movimentos anti-#Corrupção anunciaram que o bonecão de Lula vai fazer um tour pelo Brasil. O próximo protesto pelo Impeachment de Dilma Rousseff, anti-Lula e buscando o fim da corrupção, está agendado para o feriado nacional de 7 de setembro, quando o país comemora o dia da independência.

No ano passado, também teve manifestação nesse dia e a popularidade da até então candidata à presidência foi abalada, pois, na época, ocorria a corrida presidencial. #Televisão