Gilberto Braga, João Ximenes Braga e Ricardo Linhares preparam alguns fins um tanto quanto discutíveis para 'Babilônia', a novela das nove da Rede Globo de #Televisão. O prefeito de Jatobá, Aderbal, interpretado por Marcos Palmeiras, depois de tantas picaretagens vai conseguir enfim realizar o seu grande sonho, que é ser chamado de senhor governador. De acordo com informações do jornal carioca Extra, a felicidade do bandido corrupto não vai durar tanto tempo assim. Que dó, né? Só que não!

Aderbal vai ser preso em 'Babilônia' e com isso perde o direito de ficar no poder. Vários jornais conseguem provas de que Aderbal é sim um político corrupto, mesmo negando ele acaba atrás das grades.

Publicidade
Publicidade

Mesmo depois de preso, o ex-governador continuará recebendo visitas frequentes de sua amiga, a também vilã Inês (Adriana Esteves). Com a prisão de Aderbal, quem assume o Palácio de Tiradentes é a mãe do canalha, a também mal caráter Consuelo (Arlete Salles).

A mãe do bandidão vai se achar a toda poderosa, mas vai virar uma governadora tão odiada quanto seu filho, sendo vítima de muitos protestos e manchetes falando mal dela. As gravações dos últimos capítulos de 'Babilônia' vão ir até o dia da exibição do último capítulo da novela da Globo, que vai ser exibido nesta sexta-feira, 28. Nesta quinta-feira, 27, por exemplo, Gloria Pires (Beatriz) e Adriana Esteves (Inês) vão gravar o embate de suas duas personagens. Beatriz vai ser presa, mas ao ver Diogo (Thiago Martins) ganhando uma medalha em uma competição através de um televisor da cadeia, ela vai começar a pensar em uma forma de escapar do local.

Publicidade

Beatriz então consegue escapar da prisão. A primeira coisa que ela faz quando sai da cadeira é ir atrás de sua arquirrival, a loira má Inês. As duas então vão até uma pedreira. No local, começam a dar tapas, socos e pontapés ao som de muitos xingamentos e revelações em 'Babilônia'. Os autores ainda não divulgaram o que vai acontecer depois desse embate, mas uma das personagens ou até mesmo as duas devem morrer. #Novelas