Ele é um dos  jornalistas mais respeitados e admirados da #Televisão brasileira. William Bonner está há duas décadas como apresentador principal do 'Jornal Nacional', telejornal de maior audiência do país. O marido de Fátima Bernardes está um pouco menos de tempo como editor chefe da atração, que tem também Renata Vasconcellos como apresentadora. Em entrevista à Angelica no 'Estrelas' deste sábado, 22, o profissional da mídia diz que é um homem muita assediado. Bonner revelou que quando sai de viagem com a esposa e os filhos, homens e mulheres os param nas ruas. No entanto, ele garantiu que tudo é muito respeitoso. "A gente ao longo dos anos foi criando uma certa credibilidade, então as pessoas meio que entendem isso, não avançando muito", disse Bonner no 'Estrelas'. 

O apresentador ainda falou sobre a responsabilidade de chefiar o principal jornal televisivo do Brasil, não se negando a falar das problemas técnicos que enfrente de vez em quando o 'Jornal Nacional'.

Publicidade
Publicidade

"A gente trabalha para que esses erros não aconteçam. Quando alguma coisa passa batido, a gente sempre pede desculpa aos telespectadores. Afinal, fazemos o programa para ele. Também quando ocorrem os erros, a gente sempre faz uma reunião, que tem o objetivo de ver exatamente o que aconteceu, para evitar que ocorra novamente", disse o jornalista.

Além de falar sobre a profissão, William Bonner contou um pouco sobre a paixão por carros. O apresentador do 'Jornal Nacional' disse que até mesmo antes de conhecer Fátima Bernardes, com quem está casado há 25 anos, já tinha uma enorme paixão por automóveis. Ele ainda apareceu dirigindo um carro americano dos anos 60 na atração comandada pela esposa de Luciano Huck.

Bonner ainda falou sobre como conheceu a mãe de seus filhos. Segundo ele, tudo aconteceu nos bastidores da Globo, mas precisamente em 1988, quando a dupla apresentava o 'Jornal da Globo'.

Publicidade

Ele disse que o primeiro beijo dado em Fátima foi dado apenas três dias depois do primeiro encontro, mas que o namoro só foi oficializado dois anos depois.  #Entretenimento #Famosos