Publicidade
Publicidade

A Rede Globo de Televisão está em uma sinuca de bico. O canal da família Marinho está com um novo modo de fazer contratos com seus artistas, preferindo agora que tudo dure apenas por obra. No entanto, como ela libera seus atores e atrizes, outros canais acabam se interessando pelos passes desses #Famosos. E agora com o aumento do espaço e da qualidade dramatúrgica de outros canais, esse temor aumenta ainda mais. Afinal, basta zappear o controle remoto para encontrar 'OS Dez Mandamentos' do canal do bispo da Igreja Universal do Reino de Deus, Edir Macedo, a TV Record. Ou então, 'Cúmplices de um Resgate', trama infantil protagonizada por Larissa Manoela no SBT.

Publicidade

Ambas tramas de qualidade e com ótima audiência. O folhetim bíblico da Record chega a dar 16 pontos de audiência na grande São Paulo, números um pouco menores do que 'Malhação', que dá em torno de 18 e 'Além do Tempo', que marca cerca de 20 pontos. Ou seja, quem apostou em trocar a Globo para fazer 'Os Dez Mandamentos', acabou se dando bem. Continua com os salários em dia e também com bastante exposição nos meios de comunicação. 

E é exatamente por isso que a Rede Globo decidiu rever seus contratos e a forma de postergar-los. Até então, o canal estava dispensando todo mundo, assim que alguma produção acabava e esse artista não se encaixava em outra obra dramatúrgica, ele era dispensado, agora a rede de TV decidiu rever essa política, dando um pouco mais de tempo para os profissionais da dramaturgia.

Publicidade

Caio Blat e Macelo Anthony chegaram a ser sondados pela Record para protagonizar a novela 'Josué e a Terra Prometida'. Depois de ser visto nos estúdios da Record, no Rio de Janeiro, a Globo decidiu recontratar Blat. E ele não foi o único. Nomes como Adriana Birolli, Eliane Giardini, Márcio Garcia, Camila Morgado e Totia Meirelles também tiveram seus contratos revistos. Com isso, a emissora está preferindo manter reserva no seu casting, acreditando que o que poderia ser uma economia de dinheiro, na verdade, poderia acabar se tornando um crescimento da concorrência.  #Entretenimento #Televisão