Há cerca de 32 anos, uma das redes de #Televisão mais poderosas do Brasil nascia. Era a Rede Manchete, do empresário Adolpho Bloch. Por suas lentes, inúmeros artistas, diretores, jornalistas, produtores e outras categorias profissionais se encontraram e ganharam destaque. Seja atrás das telinhas ou na frente delas, eles carregaram a marca que a Manchete tinha, em desenhos animados, carnavais, jornalísticos e muito mais.

Nomes como Xuxa, Angélica, Joana LimaVerde e muitos outros circularam pelo canal, ascendendo para carreiras estelares. Pensando nessa ideia, jovens universitários se uniram há dois anos para gravar o documentário "Aconteceu, virou Manchete!", que conta a #História do canal.

Publicidade
Publicidade

Hoje, o vídeo marcou 100 mil acessos.

Veja o documentário.

Em entrevista para o BLASTING NEWS, o diretor do documentário e jornalista Fernando Borges se mostrou muito feliz ao comentar o sucesso que o filme tem feito.

"Me sinto surpreso, já que foi um trabalho sem qualquer centavo gasto com anúncio e muito documental. Fico feliz em saber que os internautas se interessem por esse tipo de conteúdo", falou.

A produção é independente e foi realiza com os esforços de estudantes da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) - hoje já formados, amigos de outros estados e parceiros da TV Manchete, como o escritor e pesquisador sobre televisão Elmo Francfort.

Entre os entrevistados, destacam-se: Ronaldo Rosas, Maurício Sherman, Paulo Newton, André Auler, Lucinha Lins, Tonico Pereira, José de Abreu, Bemvindo Sequeira e muitos outros nomes que englobam o elenco de 30 profissionais entrevistados.

Publicidade

Memória

A Manchete muitas vezes é lembrada mais por seus desenhos japoneses, como Cavaleiros do Zodíaco. A emissora inaugurou o gênero no Brasil, importante as animações de forma bastante corajosa. Contudo, produções como Kananga do Japão, Pantanal, Dona Beija e Xica da Silva marcaram época, trazendo para a mídia talentos como Taís Araújo. Em fevereiro, a Manchete fazia concorrência forte com a TV Globo, transmitindo o carnaval direto da Sapucaí. O canal durou até o ano de 1999, quando, afundado em dívidas foi repassado ao empresário Amicare Dallevo Jr, dono da mantenedora da Rede TV! atualmente. #Famosos