No próximo domingo, 16, grandes manifestações estão previstas para acontecerem em todo o país. O evento que está sendo organizado pela internet tem o apoio de artistas e de partidos políticos, como o PSDB. Desde a reeleição de #Dilma Rousseff, essa será pelo menos a terceira grande #Manifestação contra seu governo. A presidente da república tenta reverter a rejeição histórica que vive. De acordo com uma pesquisa do Datafolha divulgada no início de agosto, 77% dos brasileiros creditam o governo do Partido dos Trabalhadores, o PT, como ruim ou péssimo. Apenas 8% avaliam a governabilidade de Dilma como boa ou ótima.

Sabendo da importância que as manifestações tem para todo o povo brasileiro, as emissoras de #Televisão abertas decidiram fazer um esquema especial para fazer a cobertura do evento.

Publicidade
Publicidade

A Rede Globo de Televisão vai apostar em repórteres desconhecidos para ficarem no meio da multidão. Os jornalistas mais famosos vão trabalhar de helicópteros e em cima de prédios altos, podendo assim mostrar também as multidões do alto. Os protestos viraram uma verdadeira incógnita, já que ao mesmo tempo em que diversos grupos no Facebook contém milhares de adeptos, outros internautas dizem que foram colocados à revelia nesses eventos.

A Globo só vai tirar a programação do ar caso haja realmente necessidade. Até por isso, a emissora não está anunciando em seus intervalos comerciais o 'Esquenta'. A atração pode deixar de ser exibida caso as coisas se agravem. No entanto, durante os programas ao vivo e também em seus intervalos comerciais, plantões com a atualização dos protestos irão ao ar.

Publicidade

Já a Record fará isso no 'Domingo Show' e no 'Domingo Espetacular'. Flashes ao vivo também irão ao ar na programação. 

O SBT também colocará seus principais jornalistas nas ruas e fará diversos links ao vivo das ruas. Carlos Nascimento ficará em um estúdio comandando tudo o que acontece. Ele está escalado para entrar no ar durante o 'Domingo Legal' e o 'Eliana'. Caso haja necessidade, depois do sorteio da Tele Sena, um boletim de 15 minutos com um resumão dos acontecimentos também será criado. 

A RedeTV! e a TV Bandeirantes, que não tem uma programação forte nos domingos, são as que prometem mexer mais em suas grades. A RedeTV! a partir das 16h45 vai interromper completamente a programação para um noticiário ao vivo. O programa não tem hora para acabar. Antes disso, flashes ao vivo também serão transmitidos. Já a Band fará uma espécie de telejornal a partir das 19h30. O nome mais cotado para ancorar os eventos é Ricardo Boechat, mas Datena também pode ser convocado para ajudar na transmissão.