Gisele Bündchen é o nome mais comentado do mundo nesta quinta-feira, 13. Isso porque a imprensa internacional repercute a suposta separação dela e seu marido, o jogador de futebol americano, Tom Brady. O marido que é três anos mais velho que Gisele, que tem 35 anos, se envolveu em uma grande polêmica. Ele e o ator Ben Affleck teriam feito uma viagem juntos para Las Vegas. Os #Famosos teriam ido de jatinho para a cidade dos jogos, mas no veículo aéreo estaria uma babá, considerada a pivô das discussões entre o casal. 

A ex-modelo não teria gostado nada de ver a tal babá com seus anéis em uma foto. Por isso, teria feito um tremendo barraco em sua mansão, nos Estados Unidos. Gisele Bündchen, no entanto, teria se reunido nesta quarta-feira, 12, com sua equipe.

Publicidade
Publicidade

Ela teria confirmado que brigou com o marido e que está em uma má fase em seu casamento, mas negou que pense em um divórcio.

Reunião com funcionários para esclarecer caso

Apesar da negativa, Gisele Bündchen informou aos seus funcionários que irá dar um tempo em território tupiniquim. A ex-modelo deve chegar a qualquer momento no Brasil. Ela virá sem Tom Brady, mas acompanhada dos filhos. A noticia sobre a separação do casal foi dada em primeira mão pela 'OK Magazine'. A revista conhecida por ser sensacionista se baseou para fazer a reportagem em uma fonte desconhecida. 

Vinda ao Brasil para esquecer problemas com o marido famoso

Gisele Bündchen deve ficar bastante tempo no Brasil com a família. Nos Estados Unidos, a imprensa dá menos liberdade para ela do que aqui em nosso país. Ela é uma grande estrela mundial e tudo em torno do que Gisele faz é notícia.

Publicidade

Bündchen temeria que ficar nos Estados Unidos poderia prejudicar ainda mais sua relação com Tom Brady. De acordo com informações do jornalista Ricardo Feltrin do UOL, a loira deve permanecer durante alguns meses no Brasil.

Gisele e tom estão casados há seis anos. A união que aconteceu em 2009 era considerada perfeita e gerou dois filhos.Tom e Gisele Bündchen teriam juntos mais de dois bilhões de reais.  #Entretenimento #Televisão