Danilo Gentili conseguiu se livrar de um processo. Dessa vez, o apresentador do 'The Noite', atração exibida pelo SBT, estava sofrendo uma ação do Instituto #Lula, que tentou judicialmente intimidá-lo. O motivo para a tentativa de processo foi porque Danilo Gentili usou uma rede social para fazer uma piada contra o Instituto ligado ao ex-presidente da república. Gentili teria brincado dizendo que o ataque contra a instituição teria sido forjado, para assim fazer do Instituto uma vítima. O comentário feito no Twitter ainda mencionou o próprio ex-presidente, dizendo que o máximo que a nota do Instituto falando sobre os ataques faria as pessoas lamentarem que Lula não estivesse no local onde a bomba foi explodida, insinuando assim que o político ligado ao Partido dos Trabalhadores, o PT, deveria morrer. 

A anulação do processo foi feita pelo juiz Carlos Eduardo Lora, que argumentou que não é possível criminalizar ou censurar uma piada.

Publicidade
Publicidade

Ele ainda disse que isso era o suficiente para fazer com que Danilo Gentili não tivesse que dar explicações ou então se retratar sobre o que disse através do seu microblog. Carlos Eduardo Lora ainda lembrou que o contratado do SBT é um comediante e que isso é sabido por todos. Ele disse também que tal declaração só poderia gerar explicações se fosse feita em redes sociais de jornalistas com credibilidade, citando dois contratados da Rede Globo de #Televisão: Miriam Leitão e Willian Waack.

Só assim, segundo o juiz, poderia ser suficiente para se argumentar que tal comentário não seria um crime contra a honra do Instituto e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O magistrado ainda revelou que ninguém na rede social de Danilo Gentili teria levado a sério o post do humorista do canal de Silvio Santos.

Publicidade

O aprofissional da justiça, no entanto, disse que o assunto foi muito bom para que o tema voltasse à tona, lembrando do ataque à bomba ao Rio Centro, um dos pontos mais lembrados da época da ditadura no Brasil.

A sentença desta reportagem foi retirada de uma matéria publicada nesta sexta-feira, 21, no site Bastidores da TV.