A noite do VMA 2015 foi marcada pelo anúncio da candidatura à presidência dos Estados Unidos por Kenye West para 2020, momento de reconciliação entre artistas brigados, emoção de Justin Bieber em sua nova fase, Taylor Swift levando os principais prêmios e, claro, Miley Cyrus sendo a Miley Cyrus.

A cantora começou a ser o centro das atenções antes mesmo de chegar ao tapete vermelho da premiação, quando postou uma foto completamente nua em seu Instagram pessoal. Depois, chegou ao Video Music Awards nua, com um ou outro detalhe cobrindo seus mamilos e disfarçando outras “partes”. Subiu ao palco algumas vezes para apresentar vencedores da noite e em cada aparição mostrou um figurino mais exótico do que o outro.

Publicidade
Publicidade

Para fechar a noite com “chave de ouro”, Miley apresentou sua nova canção de trabalho em uma performance digna de boate gay de filme, onde aparece dançando com várias drag queens famosas. Quando finalizou sua apresentação, anunciou ao público que seu novo álbum estava disponível, inteiramente grátis, pela internet. A notícia logo se tornou uma das mais comentadas em todo o planeta pelas redes sociais.

Há alguns dias surgiram rumores de que Miley poderia lançar seu novo álbum de forma gratuita, pois sua gravadora, a RCA Records, queria novos hits tão marcantes como foram Wrecking Ball e We Can’t Stop. Entretanto, a americana disse que não quer seguir essa linha que as gravadoras buscam, quer gravar um som mais independente, com um estilo mais artístico do que comercial.

Para isso, Miley Cyrus montou um estúdio caseiro em sua garagem e começou a fazer vários experimentos musicais para seu novo projeto.

Publicidade

A quem diga que o novo álbum da cantora não é bom, pois perdeu aquela “pegada” pop de antes, mas outros dizem que ainda manterá ativo o público mais fiel.

Verdade ou não, o fato é que a fase independente de Miley permite que qualquer pessoa ouça seu novo álbum gratuitamente através do site oficial da cantora. Após o anúncio sobre o álbum grátis, seu site ficou fora do ar devido ao excesso de internautas conectados. #Entretenimento #Famosos #Música