Neste domingo, 02, o Brasil acompanhou um momento memorável. Silvio Santos e Edir Macedo em uma entrevista nunca antes vista na #Televisão brasileira. A conversa foi transmitida no 'Domingo Espetacular', na TV Record. O dominical contou um pouco sobre a trajetória dos dois nomes. O dono do SBT disse que as emissoras de televisão não podem quererem brigarem uma com à outra, sugerindo assim uma parceria com o canal de Edir Macedo. No passado, Silvio Santos chegou a ser dono de 50% das ações da hoje rede de TV da Barra Funda.

O especial da Record virou uma verdadeira puxação de saco. Tanto Silvio Santos, quanto Edir Macedo elogiaram um ao outro.

Publicidade
Publicidade

Os fãs até estranharam o tom da conversa, mas os dois empresários há muito tempo mantém uma relação cordial. O apresentador contou que vendeu com muito prazer à Record para Macedo. O comunicador disse que não se arrependeu da venda. "Pra mim não importava quem ia comprar, o que fossem fazer com a Record não era problema meu", disse Silvio ao lembrar que investiu o dinheiro do empreendimento em um prédio de São Paulo.

A parceria dos dois, na verdade, começou quando Edir assumiu a Record. Por um tempo Silvio ainda contratava os artistas da casa e dividia as porcentagens de lucro. Só depois de alguns anos é que o canal conseguiu seguir com as próprias pernas, ultrapassando até mesmo o SBT. Hoje a vice-liderança é disputada décimo a décimo pelos canais. Edir também é bispo da Igreja Universal do Reino de Deus e sempre respeitou a importância de Silvio Santos.

Publicidade

Foi o que ele disse em conversa com Roberto Cabrini do 'Conexão Repórter'.

A entrevista com Roberto Cabrini foi um pedido pessoal de Silvio Santos ao jornalismo. O apresentador mais amado do Brasil pediu que o conteúdo fosse em tom de homenagem, mas liberou que fatos polêmicos também fossem abordados.No passado, Macedo chegou a reduzir uma multa de rescisão contratual de Ratinho. Carlos Massa deixou a Record para ir ao SBT. A Record precisou contratar Gilberto Barros com urgência, mas o Leão não conseguiu ter o mesmo sucesso de Ratinho no canal.

A Roberto Cabrini, o bispo Macedo também disse que o grande mão do Brasil é a Rede Globo de Televisão. Ele afirmou que não aceita negociar com o canal, porque no passado ele foi injustiçado por reportagens da emissora. Macedo foi preso acusado de charlatanismo, mas conseguiu depois provar sua inocência. O 'Jornal Nacional' também exibiu uma reportagem mostrando o líder religioso ensinando a outros pastores a como conseguirem mais dinheiro dos fieis.  #Entretenimento #Famosos