Amiga íntima do artista, a apresentadora Sônia Abrão disse não saber como o cantor Rafael Ilha segue vivo.

Nos últimos dois anos, a jornalista vem se dedicando a escrever o livro "As pedras do meu caminho", biografia do ex-Polegar. O livro, que será lançado no próximo mês de setembro, mostrará os dramas da vida de Rafael, que perdeu todo o dinheiro conquistado durante a fama, sofreu com o vício em drogas e foi preso diversas vezes.

De acordo com Sônia, em entrevista ao portal UOL, o artista ficou três meses amarrado em uma cama, durante sua última internação em uma clínica para dependentes químicos. Tal medida visava evitar que ele engolisse objetos, comportamento que já havia adotado anteriormente.

Publicidade
Publicidade

Segundo a jornalista, ele engolia coisas para ser levado ao hospital e poder fugir, uma vez que esta era a única maneira de sair do centro de tratamento.

O grupo Polegar se tornou um dos maiores do país em 1989, tendo vendido um milhão de discos, se tornando uma das bandas preferidas entre as jovens do Brasil. Famoso por seu estilo controverso, Rafael Ilha saiu do conjunto no ano de 1991, deixando de ser notícia pela arte, mas sim por casos controversos.

Sete anos depois, em 1998, ele foi pela cadeia pela primeira vez, após ter cometido um assalto na capital paulista. Um ano depois, ele foi preso por estar dirigindo uma moto em velocidade proibida.

Então, Ilha foi levado à cadeia duas vezes mais, por portar cocaína. No ano de 2005, em Itapecerica da Serra (SP), foi preso novamente, por acusações de portar armas ilegalmente.

Publicidade

Três anos depois, foi preso por ter sido acusado de formar quadrilha, usurpar função pública e sequestrar uma pessoa.

Em 2014, o ex-cantor foi preso novamente. No dia 21 de julho, ele e sua mulher foram detidos na fronteira entre Brasil e Paraguai. De acordo com informações fornecidas pela Polícia Federal, as acusações eram de porte ilegal de armas e munição. Assim, o casal foi acusado de traficar armas internacionalmente.

No último mês de maio, o ex-polegar foi preso pela última vez, desta vez por descumprir ordem judicial. Em entrevista concedida à Rede Record na ocasião, ele afirmou que tudo não passou de uma confusão, por não ter recebido uma intimação judicial no prazo legal. #Entretenimento #Famosos #Televisão