O governo da presidente Dilma Rousseff anda em seus piores dias, mas o 'Jornal Nacional' também. O principal telejornal do país está registrando os piores índices de audiência da história. Em dez anos a queda é significativa, chegando a cerca de 10 pontos na grande São Paulo. Na semana passada, durante três minutos o jornal apresentado por William Bonner e Renata Vasconcellos chegou a perder para o 'Cidade Alerta'. Os críticos de plantão creditam esse desastre no tom em que o noticioso tem adotado para criticar o governo de #Dilma Rousseff. Em alguns dias, o programa chega a exibir discursos enormes da líder política do país. 

A Globo tenta se defender, diz que faz um jornalismo imparcial e que é preciso dar espaço para a resposta do governo.

Publicidade
Publicidade

Realmente é. No entanto, depois do editorial do jornal O Globo, os opositores tiveram um meio oficial para dizer: "a globo apóia a Dilma". Apesar dos pesares, a presidente não quer nem saber da emissora, prefere dar entrevistas para rádios independentes ou para outras televisões, como foi a conversa com Kennedy Alencar, do SBT. 

O aumento do desemprego, rebaixamento do grau de investimento do país, os inúmeros movimentos da operação Lava Jato, tudo isso teve espaço no 'Jornal Nacional', mas o público tem preferido assistir a novela bíblica do bispo Macedo, 'Os Dez Mandamentos'. O folhetim tem lá seus méritos, mas enquanto o 'JN' cai, o 'Jornal da Record' bate recorde sobre recorde, chegando a ter quase 15 pontos de média, mais da metade do Ibope do telejornal de Bonner.

Na Record, a postura ultimamente tem sido de mais ataque à Dilma.

Publicidade

A emissora que um dia já apoiou o governo, agora parece querer distância de Dilma. Com um jornalismo de poucas intervenções na programação, a rede de TV chegou a parar programas de entretenimento para mostrar os manifestantes nas ruas. O certo mesmo é que ela vem crescendo.

Enquanto isso, a rejeição de Dilma Rousseff não para de Cair. Os 71% de rejeição histórica parecem que ainda podem subir. Enquanto isso, o 'Jornal Nacional' tem preferido focar na política internacional ou então no aniversário da rainha da Inglaterra.  #Televisão