Uma pergunta paira nos bastidores da Rede Globo de Televisão. Todos os setores da emissora carioca querem saber o porquê que a novela das nove, 'A Regra do Jogo', não deu certo. Inicialmente, o canal da família Marinho acreditava que a queda do horário foi ocasionada por uma má história, no caso 'Babilônia'. Por isso, a rede de TV mandou cortar a história escrita por Gilberto Braga, João Ximenes Braga e Ricardo Linhares em um mês. No entanto, a nova trama, assinada por um autor consagrado, responsável por 'Avenida Brasil', João Emanuel Carneiro, até recebe elogios, mas também não emplaca na audiência da grande São Paulo. 

O atual cenário da dramaturgia brasileira virou objeto de comentários de Marcílio Moraes, contratado pelo canal de Edir Macedo, a TV Record.

Publicidade
Publicidade

O último trabalho do autor na emissora foi em 'Plano Alto', em 2014. Marcílio usou as redes sociais para comentar sobre a 'A Regra do Jogo'. Para o autor, a novela das nove da Globo tem fragilidades, mas que se fosse exibida há alguns anos, provavelmente, seria um sucesso estrondoso. De acordo com o profissional da dramaturgia, esses pequenos erros não são suficientes para explicar o fracasso de João Emanuel Carneiro e também da novela que o antecedeu, 'Babilônia'. 

Para Marcílio, essa queda deve se acentuar nos próximos anos. Os tão sonhados 40 pontos devem virar raridade. Até chegar aos 30 deve ser dificultoso daqui para frente. Por isso, o escritor acredita que as #Novelas terão uma queda no país, perdendo espaço para programas ao vivo. A explicação é a TV a cabo e a internet. Marcílio acredita que as novelas ainda vão existir,  mas que vão perder importância no cenário televisivo.

Publicidade

Por isso, emissoras como a Globo, cujo 70% do faturamento provém da dramaturgia, devem ser muito afetadas.

Isso, segundo o autor da Record, fará as emissoras ficarem cada vez mais perto. Antigamente, a novela das nove da Globo era o principal produto da TV, mas vem deixando de ser isso a cada dia, perdendo até para o folhetim das sete e sendo menos comentado que o das onze.  #Famosos #Televisão