Essa é uma daquelas notícias que dá prazer escrever. O jogador português, atual 'melhor do mundo' pela FIFA e atacante do Real Madrid, Cristiano Ronaldo, que sempre dividiu opiniões entre os que amam o seu futebol e os que criticam o seu excesso de vaidade, chamou atenção, mais uma vez, agora pelo seu lado humanitário.

Cristiano ajudou a família do pequeno Zied, filho do Sírio refugiado Alabed Almohsen. A família ganhou notoriedade ao ser hostilizada por uma repórter húngara, que chutou o pai de Zied quando ele corria desesperado com o filho no colo em meio a multidão de #Refugiados (a repórter foi demitida assim que o vídeo foi publicado na internet).

Publicidade
Publicidade

A família foi convidada para conhecer o centro de treinamento do Real Madrid e, após assistir ao treino, recebeu apoio dos jogadores Pepe, Modric e Toni Kroos, e receberam uma doação generosa do técnico Rafael Benítez no valor de um milhão de euros (cerca de R$ 4,45 milhões). Alabed, muito emocionado, agradeceu o carinho e a generosidade de todos e disse que ama o Real Madrid e que na Síria sempre desejou assistir uma partida da equipe.

Já o pequeno Zied, não queria saber de mais nada além de desfrutar da companhia do ídolo #Cristiano Ronaldo. A afinidade entre os dois foi tamanha que o jogador convidou o garoto para entrar com ele em campo no último jogo do Real Madrid contra o Granada, no Santiago Bernabéu, pelo Campeonato Espanhol. O pai de Zied, que era técnico na Síria, continuará exercendo a profissão em um time mirim na Espanha.

Publicidade

Volta e meia Cristiano aparece na mídia por suas ações em prol de crianças em situação de risco, ou com problemas de saúde. Sempre que os problemas chegam ao seu conhecimento, ele prontamente se dispõe a ajudar, mostrando que não se trancou no "mundinho" confortável e seguro que vive.

Cristiano, indiscutivelmente, tem um lado humanitário lindo, coisa de craque de verdade, de ídolo, de quem se preocupa com os menos favorecidos. Coisa de Cristiano Ronaldo, o jogador português que faz gol até fora de campo. #Blasting News Brasil