Vale tudo para espantar a urucubaca? Para a Globo vale sim! Ela contratou uma conhecida 'paranormal' para espantar os maus fluídos de seus canal a cabo, a GloboNews. A informação foi confirmada nesta quinta-feira, 03, pelo jornalista Daniel Castro do site 'Notícias da TV'. De acordo com ele, no último sábado, 29, os jornalistas encontraram a redação da GloboNews em plena "faxina espiritual". Nesse dia, a objetividade da comunicação foi deixada de lado e trocada por momentos para lá de esotéricos. O objetivo do canal é espantar energias ruins. Seriam elas que estariam atrapalhando o crescimento da GloboNews. A medida também visa fazer com que demissões e a crise não atinja em cheio o canal jornalístico.

Publicidade
Publicidade

Teve muito profissional que ficou indignado, achando que não é com fé que se resolvem as coisas. Nos últimos dias, O Globo e o Extra, dois jornais do Grupo Globo, anunciaram dezenas de demissões, deixando os profissionais de outras empresas do grupo em sinal de alerta. 

Uma das contratadas foi a pranaterapeuta Elizabeth Ribeiro. Ao 'Notícias da TV', ela confirmou que de fato foi feita uma "limpeza energética". No entanto, a declaração foi feita sem saber que ela estava conversando com uma jornalista para a realização de uma reportagem. O trabalho não custa barato. Ela diz cobrar R$ 350 por metro quadrado para espantar as energias ruins. Segundo ela, quem a contratou foi Carlos Jardim, chefe da Redação do canal a cabo. Ele teria feito o pagamento do próprio bolso. 

O tal serviço já seria muito desenvolvido em outras companhia e é conhecido como uma espécie de medicina energética.

Publicidade

A limpeza é feita pela sensibilização das mãos, quando a pranaterapeuta detecta se algo de ruim está no local, retirando assim qualquer dano. O objetivo é conseguir de volta o equilíbrio cósmico. 

De acordo com a paranormal, ela mexe no ambiente, mas as pessoas também sofrem a interferência. Em comunicado, a Globo disse que não foi avisada sobre a presença de Beth, mas se negou a falar sobre as crenças de seus funcionários.  #Entretenimento #Famosos #Televisão