"Pode ser épico". O slogan do maior festival de #Música internacional no Brasil não poderia combinar melhor neste ano, que completa trinta anos. Uma das artistas mais esperadas dos dias de Rock in Rio deu um repeteco para não ninguém reclamar: Katy Perry esteve na Cidade do Rock, na zona oeste do Rio de Janeiro, para mostrar o poder do seu rugido no Rock in Rio. E todos nós escutamos. Em nova apresentação da Prismatic Tour, Katy mostrou a força de sua música e garantiu aplausos e urros dos fãs que apertaram por horas e mais horas debaixo de chuva na Cidade do Rock. 

Após o A-Ha encerrar sua passagem pelo festival foi a vez de esperar Katy Perry.

Publicidade
Publicidade

A atração final não demoraria muito a subir ao palco, mas a espera de cerca de 15 minutos fez os corações dos fãs da diva norte-americana sair correndo pela boca. Quem conseguiu ir nas duplas apresentações anteriores que Katy fez no Brasil, em São Paulo, já sabia o que estava por vir.

Setlist lotado de sucessos agrada público e estrutura de palco não faz falta

Nas semanas que antecederam o Rock in Rio, muita gente andou reclamando nas redes sociais que a cantora estava deixando de trazer a estrutura de palco para a América Latina, prejudicando o seu próprio show. Contudo, os fãs de Katy na Cidade do Rock pouco perceberam a falta. 

Ao subir no palco, Katy abriu o show com o hit-single "Roar" e derrubou todos com o dançante e confessional "Part of Me", seguido de "Wide Awake", que acalmou o ritmo quente das primeiras músicas.

Publicidade

A primeiro clipe de Katy Perry a conseguir a marca de 1 bilhão de views no Youtube, "Dark Horse" deixou todos da Cidade do Rock possuídos pela magia. Seria o efeito da "lua sangrenta", impossível de ver sob a escuridão das nuvens de chuva? "E.T.", "Hot n' Cold", "The One That Got Away" e muitas outras seguiram, levando o público ao êxtase.

No meio do show, Katy fez uma homenagem à Madonna e cantou o refrão de "Vogue", com direito a desfile com seus bailarinos. Ela aproveitou para soltar algumas palavras em português: "linda", "te amo" e "obrigado".

Show pirotécnico hipnotiza e fascina público de todo o mundo

A última canção que tocou no show de Katy e no Rock in Rio, "Firework". Katy cantou à plenos pulmões e fez o Rio de Janeiro sacudir com sua força. Uma apresentação de fogos fechou o festival com chave de ouro.

Fãs loucos e atrapalhados

A última passagem de Katy pelo Brasil ficou marcada por uma mania que a cantora tem: chamar os katycats para o palco para bater um papo. Nesta temporada, em São Paulo, Katy Perry chamou duas pessoas. O menino, Lucas, se atrapalhou todo no inglês e pagou um mico

Quem foi chamado no Rio foi uma menina identificada por Rayane, que Katy preferiu chamar de "Rayayaya". Muito emocionada, ela beijou a cantora toda e traduziu algumas palavras de inglês para português. No final, ganhou uma selfie. #Entretenimento #Famosos