Nos capítulos que irão ao ar em outubro na novela bíblica Os Dez Mandamentos, escrita por Vívian de Oliveira e dirigida por Alexandre Avancini, que é exibida pela Rede Record, Leila (Juliana Didone) chegará ao limite de sua paciência com Yunet (Adriana Garambone), para a qual passou a ser obrigada a prestar os seus serviços de drama de companhia após a prisão de Henutmire (Vera Zimmermann), que morrerá de fome.

Durante as pragas das úlceras, que deixarão os egípcios gravemente feridos, provocando a morte dos personagens dos atores William Vita, Renata Pirillo, Raissa Peniche e Adriano Petermann, a mãe de Nefertari (Camila Rodrigues) ficará incrédula por Leila não apresentar nenhum sintoma da doença.

Publicidade
Publicidade

Fingindo ter toda a paciência do mundo, Leila explicará que Deus está poupando os hebreus de todas as pragas do Egito e não apenas das úlceras, motivo pelo qual não corre nenhum risco. Para tripudiar a dama de companhia, Yunet a fará tratar os seus ferimentos. Sem saída, para não enfrentar a rainha e acabar sendo condenada por Ramsés (Sérgio Marone), Leila terá que engolir o seu orgulho, mesmo contra a sua própria vontade, e cuidar de Yunet.

Ao saber da situação, Uri (Rafael Sardão), o marido de Leila, implorará para ela não enfrentar Yunet em hipótese alguma, para ela não ser expulsa, pela segunda vez, do palácio, assim como Hur (Floriano Peixoto) e Bezalel (Igor Cosso), mas desta vez com consequências mais graves, já que Ramsés está furioso por causa do enfrentamento de Moisés (Guilherme Winter).

Publicidade

Só que Leila chegará ao seu limite e anunciará ao marido que não poderá mais se corromper como vez durante 20 anos, dizendo que precisa voltar a adorar o Deus de Israel e partir para a Terra Prometida, ciente de que não restará nada do Egito para contar história.

Mesmo contra a autorização de Uri, Leila voltará para a vila dos hebreus e será destituída da nobreza ao tentar convencer Radina (Aisha Jambo) a seguir os seus passos. É que Nefertari escutará a conversa das duas e ficará indignada. Mais adiante, Radina, que é dama de companhia de Nefertari, realmente vai se converter como hebreia, tocada pela missão de Moisés, por quem, aos poucos, está se apaixonando. Este sentimento irá se aflorar quando ela chegar à vila dos hebreus para partir junto com os escravos. #Entretenimento #Televisão #Novelas