Parece que Ronaldo Miranda não se atentava muito para o uso do cinto de segurança de seus passageiros, prova disso é que o motorista de Cristiano Araújo havia sido multado quatro dias antes da tragédia que vitimou o cantor e sua namorada Allana. Segundo informações do Departamento de Trânsito do Estado de Goiás, Ronaldo foi multado em seu carro particular, um Honda Civic, no dia 20 de Junho. O motivo da autuação teria sido a falta do cinto de segurança em um passageiro que estava na frente. 

A ausência do cinto de segurança é considerada infração grave, com perda de cinco pontos da carteira e o pagamento de multa de R$ 127,69.

Publicidade
Publicidade

Em recente pesquisa divulgada pela Polícia Rodoviária Federal, 70% das infrações cometidas nas estradas brasileiras é pela ausência do cinto de segurança.

Segundo dados divulgados pela Abramet, 35 mil pessoas morrem em acidentes de trânsito no Brasil. E, ainda segundo levantamento da Abramet, 8 mil pessoas se salvariam anualmente se estivessem usando o cinto de segurança corretamente. O que poderia ter salvo a vida do cantor Cristiano Araújo e de sua namorada Allana Moraes, ambos estavam sem o cinto no momento do acidente.

Em entrevista para o site Gazeta do Povo, Alberto Sabbag, presidente da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet) conta que o passageiro que usa o cinto de segurança tem chance maior de sobreviver em um acidente. "Com o cinto de segurança, a chance de ter uma dessas lesões em um acidente é de 45%.

Publicidade

Se a pessoa estiver sem o cinto, o índice sobe para 75%”, ressalta Sabbag.

Ronaldo, que dirigia o carro no momento do acidente, foi indicado na última semana por duplo homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Peritos que participaram das investigações do caso acreditam que se o motorista estivesse no limite estabelecido pela lei, que é de 110km, as chances de sobrevivência de Cristiano e Allana seriam maiores. No momento que o carro do cantor, uma Ranger Rover bateu em uma vala no canteiro da pista, o carro estava a 120km, cinco segundos antes, a velocidade medida foi de 179km. Ainda segundo os peritos, quando Ronaldo acionou o freio do carro, ele estava a 179km e em cinco segundos conseguiu reduzir 59km/h, chegando a 120km. Se o motorista estivesse no limite da via a batida teria sido na velocidade de 60km por hora, minimizando os estragos. #Entretenimento #Famosos #Música