Ninguém esperava que a novela "Os Dez Mandamentos" viesse fazer tanto sucesso, nem mesmo a Record. E é por isto que a emissora está tendo que improvisar para encontrar formas de fazer com que a trama dure bem mais do que tinha sido previsto.

A intenção era de levar ao ar 150 capítulos, mas após conseguir audiência recorde, decidiram esticar o folhetim até os 170 capítulos e agora quer ainda mais, fazendo com que a história de libertação do povo hebreu dure até 2016.

A questão é que a audiência não para mais de subir e quanto mais a Rede Globo tenta reverter a situação pior fica, pois já foi feito tudo que podia, prolongou o "Jornal Nacional", fez "A Regra do Jogo" começar quase que às 22 horas, tirou os intervalos comerciais e nada disto parece ter efeito diante da concorrente.

Publicidade
Publicidade

É a primeira vez que uma novela de outra emissora consegue bater de frente no horário das 21 horas.

O problema para a Record não está na concorrência e sim dentro de casa mesmo, pois a própria autora, Vivian de Oliveira, já disse que 170 capítulos já está de bom tamanho. Para ela, aumentar 20 capítulos não foi problema, uma vez que esta é uma história muito rica em detalhes e foi necessário resumir muita coisa, então tudo que precisou fazer foi voltar com os detalhes antes eliminados, que facilmente deixou o folhetim maior.

Para a escritora e outros profissionais envolvidos na produção de "Os Dez Mandamentos" existe o receio de que uma excelente novela acabe se tornando cansativa e se perca, estragando todo o trabalho. Ainda de acordo com a autora, a novela bíblica era para ser uma minissérie de 40 capítulos.

Publicidade

Depois resolveram transformá-la em uma trama de 150 capítulos. Agora ela terá 170. Mais do que isto, não deve ser feito, pois a história já está no seu limite.

A Record não descarta a possibilidade de levar a novela até 2016 e até já avisou a todos os profissionais envolvidos que os compromissos futuros devem ser desmarcados ou evitados, demonstrando claramente a intenção de ir além dos 170 capítulos.

Um dos recursos que pode ser utilizado é a inserção de “flash back”, assim não haveriam gastos com gravações de novas cenas, mas os produtores estão pedindo para que isto não seja feito, pois há o risco do público não gostar e a audiência conquistada começar a cair rapidamente.

A Globo continua atenta às decisões da concorrente, já que as alterações feitas não surtiram efeitos para barrar o estrondoso sucesso de "Os Dez Mandamentos", que está agora em sua melhor fase, com as 10 pragas do Egito, e ainda vem o momento culminante que é a abertura das águas do mar para a passagem do povo hebreu, capítulo este que deverá bater todos os recordes de audiência. #Televisão #Novelas #Blasting News Brasil