Morreu neste domingo, 13, por volta das 1h30 da manhã, a atriz e ex-modelo Betty Lago. Ela lutava contra um câncer na vesícula desde 2012.

Elizabeth Lago Netto, mais conhecida como Betty Lago, nasceu em 24 de junho de 1955, no Rio de Janeiro. Betty foi descoberta por um fotógrafo na década de 70, ele era Evandro Teixeira, que ajudou Betty a começar na carreira de modelo. Ela passou 15 anos desfilando nos Estados Unidos e na Europa. 

Ela foi casada com Eduardo Conde, que morreu em 2003, tendo um único filho do relacionamento, o Bernardo, nascido em 1979. Em 1996, ela se casou com Guilherme Linhares, que é professor de educação física.

Publicidade
Publicidade

Em entrevista, Guilherme disse que é um momento muito triste e que todos estavam confiantes que ela iria vencer o câncer. 

Sua estreia como atriz foi na novela "Anos Rebeldes" de Gilberto Braga, no ano de 1992. Tempos depois foi protagonista na novela "Quatro por Quatro" de Carlos Lombardi. 

Na TV paga, Betty apresentou o GNT Fashion e tambem participou do programa "Saia Justa". O canal divulgou uma nota que lamenta a morte da apresentadora, em homenagem à Betty, o canal vai preparar uma programação especial, com o programa "Pirei com Betty Lago", e uma edição especial do "GNT Fashion", já que ela foi criadora e apresentadora do Programa. 

A estreia de Betty no cinema foi no filme "Alô" em 1998, de Ana Mourão. Ela também participou de "Xuxa e os Duendes 2 - No Caminho das Fadas", e "Mais um vez amor". 

Betty Lago foi para a Record em 2011, trabalhando em "Vidas em Jogos" (2011), e "Pecador Mortal" de 2013.

Publicidade

A atriz criou um canal no YouTube no ano passado, onde postava vídeos engraçados. O canal de chamava "Calma Betty". 

Muitos famosos já lamentaram a morte da atriz, como Carol Castro, Luana Piovani, Elba Ramalho e Adriana Galisteu. O corpo da atriz será cremado nesta segunda, 14, no Rio de Janeiro.

#Televisão

Algumas das novelas que Betty Lago participou: Pecado Mortal (2013), Vidas em Jogos (2011), Cinquentinha (2010), Duas Caras (2007), Pé na Jaca (2006), Bang Bang (2005) , Kubanacan (2003), Uga Uga (2000), entre outras.