A Globo está apostando tudo na novela “A Regra do Jogo” para recuperar a audiência do horário nobre. Para isso, a emissora reuniu um grande elenco em uma história envolvente.

Para alavancar a audiência da novela, uma reviravolta vai acontecer na história, pois Zé Maria, vivido por Toni Ramos, é um dos grandes vilões da novela e o responsável pelo massacre que matou o pai de Tóia (Vanessa Giácomo).

Na novela das nove, Zé Maria é o marido de Djanira (Cássia Kiss), que criou Tóia como filha, e pai de Juliano, interpretado por Cauã Reymond, personagem principal da trama que vive um caso de amor com Tóia e acredita que seu pai é um injustiçado que vive fugindo por ser perseguido pela terrível facção criminosa e também pela polícia.

Publicidade
Publicidade

Porém, Zé Maria faz parte da organização e sempre teve um lugar de importância dentro da facção.

Zé Maria é o responsável pelo Massacre da Seropédica, chacina em que o pai de Tóia foi assassinado. Tudo aconteceu há mais de 20 anos, quando Orlando (Eduardo Moscovis) descobriu que o pai de Tóia havia criado a fórmula de um valioso medicamento. Determinado a roubar a fórmula para conseguir lucrar com o remédio, o vilão da trama contou com a ajuda de Zé Maria, que teve que matar o cientista junto a um grupo de pessoas que estavam dentro de um ônibus, para despistar qualquer suspeita de que o alvo era o cientista.

Zé Maria finge para Juliano que é inocente e que não tem nada a ver com o crime do qual o culpam. O jovem nem imagina que o pai é membro da facção que o colocou quatro anos na cadeia e destruiu todos os seus projetos e nem desconfia de que Romero, que está se aproximando de sua família, é outro membro dessa organização criminosa.

Publicidade

Juliano acaba aceitando a ajuda de Romero para abrir sua escolinha de luta para recuperar os jovens da favela.

A novela “A Regra do Jogo” ainda não conseguiu recuperar a audiência do horário nobre perdido pela sua antecessora “Babilônia”. A novela chegou a perder a audiência para a Record na sexta-feira, 11. A novela bíblica da emissora paulista conseguiu 21,5 de audiência contra 20,5 da trama global. #Entretenimento #Televisão #Novelas