Todo mundo conhece Silvio Santos, não é mesmo? Ele é o apresentador mais amado do Brasil, mas as vezes encontra dificuldades para levar celebridades a seu programa aos domingos no SBT. O próprio comunicador sabe dessa fama. Tanto é que neste domingo, 27, ele não perdeu tempo em se ironizar. O pai de Patrícia Abravanel recebia em um game os cantores gêmeos Vavá e Márcio, além da cantora Gilmelândia. Ambos fizeram muito sucesso entre os anos 90 e 2000, mas agora pouco aparecem na mídia. Tal fato virou motivo de brincadeira de Silvio mais uma vez.

Uma rotina - Artistas sacaneados durante programa dominical 

Em dado momento, Silvio Santos perguntou ao auditório mais feminino do Brasil se os artistas presentes no palco eram ou não "grandes cartazes", querendo saber se eles eram ou não conhecidos pelo público.

Publicidade
Publicidade

Ironizando os convidados, Silvio repetiu a pergunta e teve um quase silêncio do auditório como resposta. O avô de Tiago Abravanel então não perdoou e disse: "depois dizem que sou eu que trato mal meus convidados", concluiu rindo o comunicado, que deixou seus convidados logo sem graça. 

O casal de irmãos gêmeos, outros dois artistas e Gilmelândia tiveram que participar de um questionário sobre a funkeira do Rio de Janeiro Valeska Popozuda. Senor Abravanel fazia as perguntas e eles tinham que ver quem era melhor para responder. A atração valia algumas notas de R$ 50, que para os #Famosos não faz tanta diferença assim, financeiramente se falando. Os que vão ao 'Programa Silvio Santos' tem o intuito de aparecer, divulgando seus trabalhos para um público cativo. O dono do #SBT mantém médias próximas a 10 pontos na grande São Paulo.

Publicidade

Cada ponto representa cerca de 67 mil domicílios na maior cidade do país.

Em setembro, a Folha de São Paulo fez uma reportagem que colocava em exposição o "problema". O jornal paulista entrevistou algumas celebridades, que preferiram não se identificar, mas que informaram ter medo de irem em uma das atrações mais populares da #Televisão brasileira. É bom ou não é?