O vídeo dirigido por Joseph Kahn, que foi mostrado no MTV Video Music Awards, no último domingo, 30 (já visto mais de 15 milhões de vezes no YouTube), foi acusado de retratar uma "fantasia de colonização do continente africano", por utilizarem um elenco somete com pessoas brancas, apesar de ter sido filmado em um local não revelado, mas que obviamente fica na África.

No vídeo, Taylor Swfit aparece com cabelos tingidos de preto, em uma espécie de filme dos anos 50. Próximo a ela, se vê o galã do filme fictício, interpretado pelo ator Scott Eastwood. O vídeo mostra imagens de animais selvagens, incluindo girafas, leões e zebras - toda a renda do vídeo será doada a African Parks Foundation of America.

Publicidade
Publicidade

No título de um artigo no Fader, um blog sobre #Música e estilo de vida, leu-se: "Taylor Swift foi para a África para filmar um vídeo musical e só há pessoas brancas nele". No blog da Rádio Pública Nacional nos Estados Unidos, os colaboradores Viviane Rutabingwa e James Kassaga Arinaitwe escreveram: "Nos choca pensar que em 2015, Taylor Swift, sua gravadora e sua equipe de produção de vídeo pensariam que estaria tudo bem filmar um vídeo que apresenta uma versão glamourosa da fantasia de colonização do continente africano por brancos".

Lauren Duca, do Huffington Post, acrescentou: "Em vez da apropriação cultural que se tornou quase status quo na música pop de hoje, Taylor Swift optou pelo caminho mais ousado para a verdade, apenas incorporando a exploração política de uma região e de seu povo".

Publicidade

Esta não foi a primeira vez em que Taylor Swift foi acusada de insensibilidade cultural. O vídeo-clip da música Shakt It Off foi descrito como perpetuador de estereótipos negros, pois apresentava apenas pessoas negras interpretando dançarinos urbanos, enquanto que nas cenas de balé somente brancos atuavam.

Embora a cantora já tenha 25 anos e já possa comentar as críticas recentes, seus seguidores tomaram a dianteira e surgiram em defesa de Taylor Swift, elogiando o conceito e a causa de "Wildest Dreams".

E você, o que acha? Assista ao vídeo e comente conosco.

#Entretenimento #Famosos